Metodologia completa para a estimativa de matrizes de insumo-produto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 48 (11753 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Metodologia Completa para a Estimativa de Matrizes de
Insumo-Produto

Resumo
As mais recentes estimativas existentes para as contas nacionais da economia brasileira dizem
respeito ao ano de 2002, ao passo que a Matriz de Insumo-Produto oficial do IBGE mais atual
refere-se ao ano de 1996. Há, entre elas, uma defasagem de seis anos. Qualquer análise
multisetorial da economia brasileiracontemporânea deve contar, portanto, com um esforço
individual de atualização da Matriz de Insumo-Produto, o que pode ser feito a partir dos dados do
Sistema de Contas Nacionais de 2002. Ocorre que existe uma diferença conceitual importante
entre a tabela de consumo intermediário das atividades do Sistema de Contas Nacionais e a tabela
de absorção do modelo convencional da Matriz deInsumo-Produto. Portanto, a utilização dos
dados do Sistema de Contas Nacionais, derivado do Manual de 1993 da ONU a fim de se proceder
à estimativa de uma Matriz de Insumo-Produto é o objetivo central do presente artigo. Ainda que
os resultados empíricos adiante apresentados sejam relativos à economia brasileira para o ano de
2002, a metodologia original aqui desenvolvida para sua obtenção temum espectro de utilização
muito mais amplo. Com efeito, ela pode ser utilizada para a construção de Matrizes de InsumoProduto de qualquer país ou região em qualquer período para o qual estejam disponíveis dados
atualizados do Sistema de Contas Nacionais ou regionais e uma Matriz de Insumo-Produto de
referência.
Palavras Chave: Matriz de Insumo-Produto, Sistema de Contas Nacionais, EconomiaBrasileira
1 Considerações Iniciais
A mensuração dos principais agregados macroeconômicos concernentes à economia
brasileira, retroagindo ao final dos anos 40 e início dos anos 50 do século findo, encontrava-se
sob a tutela institucional da Fundação Getúlio Vargas - FGV. Especialistas em estatística
econômica brasileira e internacional utilizaram o censo econômico de 1950 para construirseu
bench-mark na montagem de um Sistema de Contas Nacionais. Construiu-se, assim, uma série
que recua até o ano de 1947 e estimativas isoladas para o ano de 1939, cuja base de
informações repousa no censo econômico de 1940. Em 1953, a Revista Brasileira de
Economia editou um número especial dando destaque à revisão completa das estimativas
anteriores, seguindo-se a publicação dasestimativas anuais e revisões periódicas.
Com efeito, até o ano de 1955, a publicação das contas nacionais do Brasil pela FGV
ocorreu na Revista Brasileira de Economia, passando em seguida para a revista Conjuntura
Econômica. Esta última seguiu publicando as estimativas anuais e algumas revisões de todo o
sistema, até que o encargo da montagem destas estatísticas transitasse da FGV para aFundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE. Considerando que o primeiro

1
Este artigo retoma o material de GRIJÓ, 2005. Todos os dados originais das Contas Nacionais, intermediários
e finais resultantes da aplicação da metodologia aqui apresentada estão disponíveis aos interessados via e-mail.
VIII Encontro de Economia daRegião Sul - ANPEC SUL 2005
Área 1 - Trabalho, Pobreza, Desenvolvimento Regional e Economia das Relações Sociais2
manual de orientação internacional sobre a montagem de um sistema de contabilidade
nacional data de 1953, percebe-se que as primeiras estimativas brasileiras e suas revisões já
utilizavam conhecimentos e técnicas que vinham sendo gestados precisamente naquele
imediatopós-guerra. Em 1968, a Organização das Nações Unidas - ONU lançou a quarta
revisão desse manual, tendo algumas de suas recomendações sido incorporadas ao Sistema de
Contas Nacionais do Brasil, ainda pela FGV.
O Sistema de Contas Nacionais desenvolvido pela FGV foi concebido apenas para a
construção das contas por setor institucional não sendo produzidas as tabelas de recursos e
usos dos bens e...
tracking img