Metodo de avaliação de estoque

INTRODUÇÃO
A gestão de estoque tem, além da preocupação com quantidades, a busca constante da redução dos valores monetários de seus estoques, atuando para mantê-los os mais baixos e dentro deníveis de segurança, tanto financeiro, quanto aos volumes para atender a demanda. Mesmo não sendo uma função executiva, tal função constitui, sem duvida uma das atividades mais importantes de uma empresa demanufatura. Muitas empresas chegam a falência por imobilizar elevadas somas de capital em estoques, faltando-lhes recursos financeiros para capital de giro. Uma atividade importante dentro doconjunto da gestão de estoque é prever o valor do estoque em intervalo de tempo adequado e gerenciá-los, comparando-o com o planejado, e tomar as devidas providencias quando houver desvio de rota.Portanto,torna-se imperiosa uma perfeita avaliação financeira do estoque para proporcionar informações exatas e atualizadas das matérias-primas e produtos em estoque sob a responsabilidade da empresa. Essaavaliação é feita com base nos preços dos itens que temos em estoque.A avaliação de estoques parece ter sido a primeira das aplicações gerenciais da Contabilidade de Custos. É geralmente aceito que osproblemas de avaliação de estoques estão na própria origem da Contabilidade de Custos – foi para resolvê-las que procedimentos típicos de análise e apuração de custos começaram a ser desenvolvidos.MÉTODOS DE AVALIAÇÃO DE ESTOQUES

O maior objetivo do custeio do estoque é a determinação de custos adequados às
vendas, de forma que o lucro apropriado seja calculado. Em adição ao fator
lucro,existe um número de outros fatores que influenciam as decisões relativas
à seleção dos métodos de custeio de estoque. A lista destes fatores, excluindo a
definição de lucro, incluiria:
. Aceitaçãodo método pelas autoridades do Imposto de Renda;
. A parte prática da determinação do custo;
. Objetividade do método;
. Utilidade do método para decisões gerenciais.

O método de avaliação...