Metedologia 5s

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2556 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho Elaborado Por: OGI 11
Carlos Silva
Sandra Coutinho
Susana Coelho

Índice geral

Introdução 3
1 - Enquadramento teórico da metodologia dos 5S 4
1.1- Aparecimento dos 5S 4
1.2- A metodologia dos 5S 5
2 - O Significado dos 5S 7
3 - Os 5 S e a Segurança no Trabalho 11
3.1- A prática dos 5 S 11
4- Principais benefícios dametodologia dos 5S. 12
4.1- Caso de aplicação da metodologia dos 5S na organização: 13
5 - Rotina 5S 14
5.1 - Plano de Inspecção 5S 15
6- Conclusão 17





















Introdução

O que é os 5S ?

Os 5S não é simplesmente uma ferramenta. É uma caixa de ferramentas simples, mas de grande serventia. O custo de sua utilização é praticamentezero, os resultados significativos e de curto, médio e longo prazos.

Inserido no contexto da Filosofia Kaizen, os 5S é, antes de tudo, parte primordial da filosofia que explicita a Melhoria Contínua. Segundo Masaaki Imai, “O Kaizen é um enfoque humanístico, pois espera que todos - todos mesmo - participem dele. Ele se baseia na crença de que todos os seres humanos, podem contribuir para omelhoramento do seu local de trabalho onde eles passam um terço das suas vidas.

A metodologia 5s é utilizada para melhorar a produtividade das pessoas e organizações. Foca na redução do tempo de acesso as coisas necessárias para o trabalho, na redução de despesas com materiais e equipamentos, na melhoria de qualidade de produtos e serviços e na satisfação das pessoas com o trabalho. O 5S pode seraplicado em qualquer ambiente de trabalho, nos sectores de serviços, manufactura e primário.













1 - Enquadramento teórico da metodologia dos 5S

1.1- Aparecimento dos 5S


Durante a Segunda Guerra Mundial muitos países foram destruídos, especialmente o
Japão, arruinado pela bomba atómica. Após o término da Segunda Guerra Mundial,houve, no mundo inteiro, um expressivo aumento na demanda por produtos industrializados. Como a procura era maior do que a oferta, mesmo aqueles produtos com qualidade inferior eram consumidos.
Os mercados e os consumidores compravam qualquer bem, mesmo sendo de qualidade inferior. Os Estados Unidos, rapidamente começaram a conquistar novos mercados, uma vez que as indústrias americanas possuíam umaboa capacidade de investimento. Por outro lado, a realidade das indústrias japonesas era bem diferente. O país foi quase que completamente destruído durante a guerra. Com isso, a capacidade de investimento era pequena, reduzindo a capacidade de competição com as indústrias americanas. O governo japonês iniciou, então, um plano de recuperação da capacidade competitiva da indústria local.

Aestratégia do governo japonês foi de investir na difusão dos conceitos da qualidade. Para isso, o especialista americano Edward Deming foi convidado para realizar um conjunto de palestras, nas quais eram apresentados os princípios e ferramentas para a qualidade nas empresas. A partir deste momento os industriais japoneses devotaram todo o seu tempo para implantar as ideias do Dr. Deming, aperfeiçoar ecriar novas ferramentas e programas de qualidade. Segundo, vários executivos se alarmaram com o aparecimento da crise da qualidade e promoveram um amplo movimento de consciência da necessidade da mudança, onde o desenvolvimento da mão-de-obra no esforço de produzir qualidade é fundamental.

Um dos muitos programas da qualidade utilizados pelos japoneses é conhecido como 5S, que foi redescoberto empaíses como Taiwan e Singapura, na década de 80. Em outras palavras 5S é organizar o seu local de trabalho, mantê-lo arrumado, limpar, manter condições seguras, saudáveis de trabalho e a disciplina necessária para se realizar um bom trabalho. É a capacidade de reconhecer o que é importante e a atenção aos detalhes que fazem o sistema 5S, fornecer resultados positivos para a empresa. Estes...
tracking img