Metade dos jovens entre 13 e 15 anos já comprou cigarro, aponta pesquisa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (717 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Metade dos jovens entre 13 e 15 anos já comprou cigarro, aponta pesquisa
Levantamento do Instituto Nacional de Câncer (Inca) revela que, apesar de lei federal proibir a venda do produto para menoresde idade, os adolescentes não são impedidos de comprar cigarros; ONG propõe mais restrição para acesso dos jovens ao tabaco
Clarissa Thomé - O Estado de S.Paulo
RIO - Metade dos adolescentes comidades entre 13 e 15 anos já comprou cigarro, apesar de o País dispor de lei federal que proíbe a venda do produto para menores de idade. Entre as meninas, o porcentual é um pouco maior: 52,6% ante48,1% para os meninos. Em algumas capitais, o índice de jovens que nunca foi impedido de comprar cigarros ficou muito acima da média - em Maceió, chegou a 96,7%; em Fortaleza, a 89,9%; e em Salvador, a88,9%.
Veja também:
Modelo começou a fumar aos 12
Confira a íntegra do estudo feito pelo Inca
O tempo em que fumar era “bom”
Quer saber o que fazer para parar de fumar?
Os dados fazemparte do livro A Situação do Tabagismo no Brasil, que o Instituto Nacional de Câncer (Inca) divulgou ontem, Dia Nacional de Combate ao Fumo. O material reúne dados de pesquisas do Sistema Internacionalde Vigilância do Tabagismo da Organização Mundial da Saúde realizadas no Brasil entre 2002 e 2009.
Liz Almeida, gerente da Divisão de Epidemiologia do Inca, lembra que as leis existem e são claras -proíbem a venda de cigarros para adolescentes, até mesmo a comercialização por unidades. Ela afirma que os órgãos competentes não dão conta de fiscalizar todos os bares, padarias, bancas de jornal."Acho que não cabe uma ação coercitiva. Mas cabe a nós, cidadãos, chegar até o dono do estabelecimento e falar sobre os motivos da proibição, lembrar que, para o jovem, desenvolver essa dependênciasignificará o surgimento precoce de doenças cardiovasculares, respiratórias e câncer, que vão tirar a vida dele mais cedo do que deveria", afirmou a gerente do Inca.


Para a organização não...
tracking img