Metabolismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1075 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
METABOLISMO - RESUMO

1) Via Glicolítica/Glicólise:

· A enzima hexoquinase é responsável por catalisar a reação de conversão da glicose em glicose 6-fosfato, sendo inibida quando a mesma está em alta concentração. Neste caso, a via é mantida, em menor velocidade, pela enzima glicoquinase (que apesar de possuir menor afinidade com a glicose, não é inibida pela glicose 6-fosfato).
Estado BemAlimentado: Glicose ------(Hexoquinase)-------> Glicose 6-fosfato / Alta Velocidade
Jejum: Glicose----(Glicoquinase)------> Glicose 6-fosfato / Baixa Velocidade

Obs: A glicose 6-fosfato pode ser desviada para a formação de glicogênio, no estado bem alimentado.

· A enzima fosfofrutoquinase é responsável por catalisar a reação de conversão da frutose 6-fosfato em frutose 1,6 bisfosfato. Essaenzima tem sua atividade intensificada pela frutose 2,6 bisfosfato; que é produto da reação da reação catalisada pela enzima fosfofrutoquinase 2. Essa última, é inibida pelo glucagon, diminuindo a velocidade da reação.
Estado Bem Alimentado: Frutose 6-fosfato -----PFK 1------> Frutose 1-6 Bisfosfato (PFK 1 intensificada pela frutose 2-6 bisfosfato) / Alta Velocidade
Jejum: Frutose 6-fosfato-----PFK 1-------> Frutose 1-6 Bisfosfato (Reação lenta, PFK 2 inibida pelo glucagon) / Baixa Velocidade

Obs: Regulação mais importante da via glicolítica!

· A enzima piruvato quinase é a responsável por converter o fosfoenolpiruvato em piruvato, sendo ativada pela frutose 1,6 bisfostato e inibida pelo ATP, Alanina (Aminoácido que também participa da via de gliconeogênese) ou fosforilação porAMP cíclico*

Obs: A fosforilação por AMP cíclico ocorre a partir de uma sinalização feita pelo Glucagon, que ao integrar-se aos seus receptores na membrana das células hepáticas promove a ativação da adenilato ciclase a partir da ação da proteína G. A adenilato ciclase converte o ADP em AMPc, que ativa a proteína quinase A, responsável por fosforilar a piruvato quinase, inativando-a.

2)Conversão de Piruvato em Acetil CoA:
Reação catalisada pelo complexo piruvato desidrogenase, composto por 3 enzimas (E1 + E2 + E3) cada uma com seu respectivo cofator. (TPP, lipoamida e FAD, respectivamente).
O piruvato, após sofrer uma descarboxilação, une-se à TPP que está ligada à E1. Dessa forma, é oxidado e liga-se à lipoamida que está ligada à E2, que catalisa a ligação de CoA ao composto. Oacetil CoA é liberado, e a lipoamida reduzida sofre oxidação ao passar seus elétrons ao FAD ligado à E3. O FAD, posteriormente, passa elétrons para o NADH, que é liberado.

Obs: O mercúrio e o Arsênico têm grande afinidade por sulfidrilas, podendo se ligar à estrutura da lipoamida, impedindo sua oxidação e a passagem de elétrons para o FAD, interrompendo a reação.

3) Ciclo de Krebs:Inicia-se a partir da condensação do oxaloacetato com o Acetil CoA, formando citrato (composto de 6 cabonos).
Enzimas Reguladoras: Complexo Piruvato Desidrogenase, Complexo Alfa-Ceto-Glutamato Desidrogenase, Isocitrato Desidrogenase e Citrato Sintase.
· A piruvato desidrogenase é inibida pelo ATP, NADH, Acetil CoA e ácidos graxos; e estimulada por CoA, AMP, NAD+ e Ca++.
· A citrato Sintase é a únicaque não é inibida por Cálcio, sendo estimulada apenas por ADP. Ela é inibida por ATP, NADH, Succinil CoA e citrato.
· A isocitrato desidrogenase é estimulada por Ca++ e ADP, e inibida por ATP.
· A alfa-ceto glutarato desidrogenase é estimulada por Ca++ e inibida por Succinil CoA e NADH.
Saldo Energético (para cada Acetil): 2CO2, 3NADH, 1FADH2, 1GTP.
Obs: O Cálcio promove a desfosforilação dasenzimas ao ativar fosfatases, estimulando assim a piruvato desidrogenase, a isocitrato desidrogenase e a alfa-ceto-glutarato desidrogenase.

4) Cadeia Respiratória:
Complexo I: NADH é oxidado a NAD++, fornecendo 2e- para o FMN, que os transfere para as proteínas Ferro-Enxofre (Fe-S) reduzirem totalmente a ubiquinona, que passa para sua forma totalmente reduzida (QH2).
Complexo II: NÃO é bomba...
tracking img