Mestrando

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6373 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
RODRIGO OTTOBRINI SUCENA RASGA

MPAGRO - TURMA 4

PRODUÇÃO DE PELLETS A PARTIR DA CASCA DO EUCALIPTO

Trabalho da disciplina de Processameto da Produção e Transformação, ministrada pelo Professor José Dilcio Rocha, dentro do Mestrado Profissionalizante em Agroenergia (MPAgro), coordenado pela Fundação Getúlio Vargas.

SÃO PAULO
SÃO PAULO – BRASIL
Julho – 2011
PRODUÇÃO DE PELLETS APARTIR DA CASCA DO EUCALIPTO

Rodrigo Ottobrini Sucena Rasga

Resumo

A produção de energia a partir da biomassa de origem florestal já é uma realidade, sendo o que se estuda hoje é o seu real potencial, principalmente com a utilização dos resíduos florestais, tanto os deixados na floresta quanto aqueles que se formam no final de um processo industrial. A energia gerada dessa fonte tem queser prudentemente analisada quanto a sua real viabilidade econômica nos dias de hoje. Assim, o futuro do desenvolvimento da indústria de energia, a partir da biomassa, depende, essencialmente, da obtenção de matérias-primas com custos economicamente viáveis. A discussão quanto a descascar as árvores de eucalipto no campo ou nos pátios das indústrias papeleiras, mesmo com todos os avançostecnológicos, não está pacificada, e o aspecto ambiental, desde a retirada de nutrientes do solo até a poluição dos efluentes a jusante das unidades de processamento, passou a ter um peso quase determinante nos últimos anos. Apresentou-se, também, o espectro de possibilidades para uso da casca de eucalipto, bem como a definição de casca, casca limpa e casca suja. Esse trabalho busca analisar o processoindustrial para a produção de pellets a partir da casca do eucalipto, em processos de descascamento estático junto às fábricas de papel e celulose.

1. INTRODUÇÃO

As diversas fontes de biomassa mostram-se cada vez mais promissoras e com grande chance de serem, no curto prazo, as maiores fornecedoras domésticas de energia limpa e renovável. O consumo atual de petróleo, de origem fóssil e finita,deve ser gradativamente substituído por biocombustíveis. Os resíduos florestais, produzidos na colheita e nas operações de limpeza de áreas, que geralmente não são ainda explorados na sua total e racional utilização, surgem como uma opção concreta para a produção de energia.
O setor industrial de papel e celulose tem se mostrado muito atento e preocupado, em relação à melhor utilização para acasca do eucalipto (o mesmo ocorre com a do pinus, mas não é alvo deste trabalho), visto que as restrições ambientais estão cada vez mais severas, e a possível contaminação dos efluentes é uma realidade, visto que há riscos do “churume”, advindo da casca do eucalipto, rica em matéria orgânica, venha a consumir parte significativa do oxigênio das águas.
Serão analisadas as possíveis utilizaçõesda casca do eucalipto, principalmente a utilização da casca suja, com foco na produção de pellets. Os aspectos ambientais são cada vez mais relevantes e acabam obrigando as empresas a realizarem investimentos altíssimos para se adequarem à nova legislação ambiental. O que antes era tratado com um simples resíduo, sem necessidade de lhe dar uma destinação clara, hoje é um passivo ambiental, mas que,nos últimos anos, passou a ser visto como uma fonte interessante para a produção de energia.
O estudo dos equipamentos a serem utilizados na fabricação dos pellets foi o mais profundo possível, para que se tenha uma visão completa deste interessante processo, que se torna, a cada dia, uma realidade.

2. CASCA, CASCA LIMPA E CASCA SUJA DE EUCALIPTO

Os resíduos das indústrias de origemflorestal são definidos como as sobras que ocorrem no processamento mecânico, físico ou químico da madeira, e que não são incorporadas no produto final. É importante ressaltar que esses resíduos contêm alto percentual de matéria orgânica e alto potencial energético.

Pode-se definir casca como a cobertura exterior de toda a árvore, desde as raízes até o tronco e os ramos, possuindo tecidos...
tracking img