meridional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2095 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de janeiro de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
Noções de farmacologia

• “Administrar

medicamentos
prescritos é um papel
fundamental à maioria das
equipes de enfermagem. Não é
somente uma tarefa mecânica a
ser executada em complacência
rígida com a prescrição médica.
Requer pensamento e o
exercício de juízo profissional."

• "A administração de medicamento é
uma das maiores
responsabilidades equipe de
enfermagem”

• Afarmacologia é a ciência que estuda
os fármacos e os medicamentos sob
todos os aspectos,
isto é, a fonte, a absorção, o destino no
organismo, o mecanismo de ação e os
seus efeitos.

• A utilização de medicamentos é uma das
intervenções mais utilizadas no ambiente
hospitalar, no entanto, estudos, ao longo
dos últimos anos, têm evidenciado a
presença de erros no tratamentomedicamentoso causando prejuízos aos
pacientes que vão desde o nãorecebimento do medicamento necessário
até lesões e mortes (LEAPE et al. 1995;
TÁXIS & BARBER, 2003).

• A imprudência significa uma ação sem cuidado
necessário. É um atuar de maneira precipitada,
insensata ou impulsiva.
• Imperícia, é um ato incompetente por falta de habilidade
técnica, desconhecimento técnico; falta deconhecimento no exercício de sua profissão
• negligência é agir de determinado modo por desleixo,
preguiça e descuido, podendo resultar da falta de
observação dos deveres que as condutas exigem,
caracterizando-se por desatenção, passividade, sendo
sempre de caráter omisso ex: não obedecer os horários,
não estar atento as rações

Os erros descritos tanto na literatura nacional como na
internacionalsão tipados conforme descrição a seguir
(RIBEIRO, 1991; DRAFT, 1992; CASSIANI, 1998,
NCCMERP, 1998):
• Erros de omissão: qualquer dose não-administrada até o
próximo horário de medicação.
• Erros na administração de um medicamento nãoautorizado: administração de um medicamento ou dose
de medicamento não-prescrito pelo médico.
• Erros em dose extra: administração de uma ou mais
unidadesde dosagem, além daquela prescrita.

• Erros referentes à via: administração pela via
errada ou por uma via que não a prescrita.
• Erros com a dosagem: administração do
medicamento em dosagens diferentes daquelas
prescritas pelo médico.
• Erros devido ao horário incorreto: administrar
medicamento fora dos horários predefinidos
pela instituição ou da prescrição.

Medicamento
•Substância com propriedade de cura de
doenças. Medicamento é sinônimo de fármaco
e remédio.(dicionário Blackiston)
• É toda substancia química que tem ação
profilática (vacinas), terapêuticas (antibiótico) e
auxiliar de diagnóstico (contraste radiológico)
• Produto farmacêutico: contém um ou mais
princípios ativos convenientemente
manufaturado ex: Lasix, plasil
• Forma farmacêutica: forma com seapresenta
em comprimido, injetável, xarope

• Dose – Quantidade de medicamento que deve ser
administrado
• Posologia – dose de medicamento, por dia ou período,
para obtenção de efeito terapêutico desejado.
• Dose mínima- é a menor quantidade de um
medicamento capaz de produzir efeito terapêutico
• Dose máxima – é a dose maior capaz de produzir efeito
terapêutico sem apresentar efeitosindesejáveis.
• Dose terapêutica - é a quantidade mínima de um
fármaco capaz de produzir efeito desejado,
• Dose de manutenção: dose necessária para manter os
níveis desejáveis de medicamento na corrente
sanguínea e nos tecidos durante o tratamento.

• Dose letal – é a quantidade de um medicamento
capaz de produzir a morte do individuo.
• Efeitos colaterais: como um efeito diferentedaquele considerado como principal por um
fármaco. Ex: captopril é anti- hipertensivo
produz tosse irritativa.
• Efeito adverso: é qualquer resposta a um
medicamento que seja prejudicial, não
intencional, e que ocorra nas doses
normalmente utilizadas em seres humanos para
profilaxia, diagnóstico e tratamento de doenças,
ou para a modificação de uma função
fisiológica.

• Iatrogenia:...
tracking img