Merge

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2529 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
XXII Encontro Nacional de Engenharia de Produção Curitiba – PR, 23 a 25 de outubro de 2002

MERGE IN TRANSIT - UMA NOVA FERRAMENTA LOGÍSTICA

Solange Benites Juvella
Programa de Pós Graduação em Engenharia da Produção – FEMP - UNIMEP Fone (0xx11) 4587-9843 – E-mail: juvella@terra.com.br

Dra. Rosangela Vanalle
Programa de Pós Graduação em Engenharia da Produção – FEMP - UNIMEP Fone(0xx19) 3124-1767 – E-mail: rvanalle@unimep.br

Abstract
This article aims to present the definition of Merge in Transit process, its advantages and disadvantages and, as well, the needed requirements to allow the smooth implementation of the process. As sample of use, a case of a multinational company from telecom industry that is implementing the process in its Brazilian facility is mentioned. KeysWords: merge in transit, cross-docking, logistic

1.

Introdução

Para os consumidores, não importa se o produto é fabricado a dez ou a mil quilômetros de distância: o mais importante é que haja disponibilidade do mesmo no momento de necessidade. A logística tem este papel: o de facilitar o fluxo de vários produtos, de tal forma que os consumidores encontrem o que necessitam e que estejamsatisfeitos. Isto se aplica também (e porque não principalmente) à cadeia de abastecimento, ou seja, a todo o complexo sistema de fluxo de materiais, antes mesmo de o produto ser elaborado. Slack (1997, p.410) afirma que: “Mesmo além da cadeia de suprimentos imediata, há benefícios estratégicos que podem ser ganhos através da gestão dos fluxos desde os fornecedores dos fornecedores até o clientedos clientes”. Estes benefícios têm direcionado as empresas a buscar novas técnicas de trabalho, onde a velocidade de atendimento, a redução de estoques, o aumento do valor agregado ao cliente entre outras, aparecem como oportunidade latente de incremento nos negócios. Considerado por Cooke (1999) como uma das variações do cross-docking, por outros como uma ferramenta de gerenciamento logístico, omerge in transit faz parte das novas técnicas aplicadas para a melhoria do processo logístico. A metodologia utilizada para a realização deste trabalho foi pesquisa bibliográfica aliada a um estudo de caso. Embora o merge in transit seja oferecido como serviço nos Estados Unidos há alguns anos, a dificuldade em encontrar material de pesquisa foi ponto marcante na elaboração deste trabalho.

2.Definição de merge in transit
ABEPRO 1

ENEGEP 2002

XXII Encontro Nacional de Engenharia de Produção Curitiba – PR, 23 a 25 de outubro de 2002

Como mencionado anteriormente, existem várias correntes e vários ângulos de análise para a origem do merge in transit. Segundo Robert F. Scott III (1998), merge in transit é um cross-docking (processo que envolve recebimento de materiais demúltiplos fornecedores atendendo a clientes comuns) híbrido. Lacerda (2002) afirma que “o merge in transit é uma extensão do conceito de cross-docking combinado aos sistemas just in time” (JIT – entrega de produtos na quantidade necessária, no momento determinado pelo cliente). Já um grupo de estudantes liderados pela Prof. Laura Kopczak (2001), em um projeto patrocinado pela Geologistics Corporation ofDenver, Co (USA), define merge in transit como sendo: “A coordenação da entrega, no momento certo para o cliente, de um embarque completo composto de vários componentes, feito através de uma consolidação destes em um estabelecido ponto de consolidação, livre de estoques e estrategicamente localizado na cadeia de abastecimento.” Seguindo este raciocínio pode-se ainda considerar o merge in transitcomo uma variante do milk run (processo logístico onde se eliminam as várias entregas de fornecedores através de coleta seqüenciada utilizando-se o mesmo transporte), onde os itens são coletados nos diferentes fornecedores e enviados ao cliente em um embarque único. A operação pode ser realizada em nível interno da empresa ou pode-se ainda terceirizar o serviço, visto que hoje já existem várias...
tracking img