Mercantilismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 5 (1250 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 12 de março de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Escola secundaria de Cascais

Mercantilismo



Disciplina: História


25 de Novembro de 2013
Indice
Introduçao……………………………………………………… 1
Mercantilismo………………………………………………… 2
Princípios mercantilistas………………………………… 3
Mercantilismo em França……………………………… 4
Mercantilismo em Inglaterra……………………………5
Mercantilismo em Portugal…………………….………. 6
Mercantilismo em Portugal: Continuaçao ……… 7Conclusão……………………………………………………….. 8
Bibliografia ………………………………………………………9






Introdução
O tema deste trabalho é o Mercantilismo, havia um leque de opções e este pareceu para mim o mais interessante e um tema que tinha varias coisas para dizer.
Para fazer este trabalho usei a pesquisa na internet, o manual do 11ºano de Historia A e também o recurso aos apontamentos fornecidos pelaprofessora.
Irei explicar o que é o Mercantilismo, quais são as teorias mercantilistas e falar do mercantilismo em 3 paises diferentes (França, Inglaterra e Portugal)












1
Mercantilismo

O mercantilismo é uma teoria económica desenvolvida na Europa, na Idade Moderna entre o seculos XVI e XVIII.
O mercantilismo originou medidas económicas diversas de estado para estado. Estecaracterizou-se por uma forte intervenção do estado na economia. O objetivo dessa intervenção era o aumento da riqueza nacional que era identificada com a quantidade de metais preciosos acumulada pelo pais.
O mercantilismo assume dois modelos principais: A balança comercial positiva e o protecionismo.
As politicas mercantilistas partilhavam a crença de que a riqueza de uma nação dependida daquantidade de metais preciosos que tivesse acumulado, acreditando que estas quantidades iriam aumentar se a exportação aumentasse e houvesse restrições nas importações criando assim uma balança comercial positiva.
O estado desempenha um papel ativo na economia, este implanta industrias protegidas pelos aumentos dos direitos alfandegários sobre as importações , controlando assim os consumos internosde determinados produtos, podemos chamar a isto o protecionismo, o governo promove também a colonização para ter acesso a certas matérias primas e assim conseguir o monopólio de certos materiais.
2

Princípios Mercantilistas:

Riqueza do estado depende da quantidade de metais preciosos acumulados

Incentivo as manufaturas:
O governo incentivava o desenvolvimento de manufaturas no seuterritório, pois podia ter lucros com a exportação dos materiais feitos.

Balança comercial favorável:
O objetivo era exportar mais do que importar

Protecionismo
O governo deve de arranjar medidas para proteger a sua economia, para favorecer a exportação e desfavorecer e importação.

Taxas alfandegarias:
O governo criou taxas para impedir a entrada de produtos vindos de fora, pagandoestas taxas ficava mais barato comprar o que era feito no pais do que comprar o que era importado

O incremento e reorganização do comércio externo de modo a proporcionar mercados de abastecimento de matérias primas e de colocação de produtos manufaturados.
3
Mercantilismo em França

Em frança o Mercantilismo, impôs-se pela mão de Colbert(ministro de Luis XIV) por isso ficou também conhecidopor Colbertismo.
Colbert tinha como objetivo fazer crescer a economia Francesa pelo incentivo a produção manufatureira para isto Colbert concedeu privilégios as industrias, criou manufaturas reais protegidas pelo estado, modernizou as técnicas de fabrico contratando mão de obra estrangeira especializada ainda pelo fortalecimento do comercio externo que para isto Colbert desenvolveu uma frotamercante e da marinha de guerra e ainda criou uma serie de companhias monopolistas e criou taxas alfandegarias a favorecer a saída de produtos e a prejudicar a entrada por fim alargou os territórios das áreas coloniais criando varias companhias de comercio como por exemplo: Companhia das Indias Orientais; Companhia das Indias Ocidentais; Companhia do Levante; Companhia do Norte
O Colbertismo...
tracking img