Mercado de trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1298 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1 INTRODUÇÃO

A Empresa Ringo Foto, situada no Centro de São José do Rio Preto/SP, tem aproximadamente 35 funcionários atualmente e de acordo com Marinela de Mello Pereira – Sócia responsável pela Empresa; “desde a gestão de Juliana Camargo – Profissional de Recursos Humanos, sempre houve pouca rotatividade de colaboradores e nunca até o momento aconteceu reclamações trabalhistasjudicialmente, devido à ajuda indispensável da mesma. E o processo de comunicação entre os funcionários e o RH sempre foi, está sendo e será essencialmente importante para o crescimento da Empresa e a satisfação de todos”.
Juliana Camargo, com 32 anos, atua há 10 anos na área de Departamento Pessoal e Recursos Humanos, e aceitou tranquilamente responder a entrevista com perguntas diversas sobreRecursos Humanos.
A entrevista será preenchida inteiramente com palavras reais da entrevistada.

2 ENTREVISTA

• Perguntas diversas envolvendo Recursos Humanos.

2.1 Quais os fatores impeditivos para que o RH torne-se efetivamente estratégico?
O principal impedimento no meu ponto de vista é a falta de entendimento da função, tanto por parte dos empregados quanto dosempregadores, mais por parte dos empregadores que são os maiores interessados, às vezes a empresa não dá a autonomia suficiente para o profissional exercer corretamente a função dentro da empresa. O próprio empregador boicota essa autonomia, acaba ficando mais no papel do que no ato propriamente dito.

2.2 A função de RH pode ser absorvida pelas linhas de gestão?
Se eu entendi corretamente“linhas de gestão”, a função de RH para melhores resultados deve ser executada somente por profissionais nesta área. Uma das funções do gestor de RH seria a ligação entre o empregador e o empregado e isso só poderia ser bem executado se o profissional estiver qualificado para tal.

2.3 O que falta para que a área de RH e alta direção falem a mesma linguagem?
Falta entrosamento e talvez umpouco mais de confiança e segurança de uma ou das duas partes, como disse anteriormente uma das funções do RH é chegar a um denominador comum entre as partes (empresa x empregado), mas algumas empresas aceitam somente coisas que beneficiam a si mesma e ficam relutantes em aceitar sugestões que tragam benefícios a empregado, mesmo tendo em vista que se melhor ao empregado o resultado poderá voltarpositivamente para si. Todas as partes deveriam ter em mente que tendo união, seremos melhores.

2.4 Como o RH pode contribuir para conferir o sentido de prontidão frente às mudanças?
Sempre temos que contribuir e lutar para que o funcionário e até mesmo o empregador não se atrapalhe frente às mudanças. O RH pode ajudar com campanhas de incentivos, com treinamentos específicos senecessário, e por exemplo, no caso de não adaptação de um funcionário em algum setor depois de todas estratégias motivadoras usadas, o correto é analisar e verificar o desempenho do mesmo, e se realmente for preciso, remanejá-lo para outro setor mais apropriado antes de uma possível demissão.

2.5 Como lidar com gerenciamento de talentos e formação de líderes?
Quando a empresa possui umaavaliação de desempenho seria muito simples lidar com essa questão. Todas as empresas deveriam usar essa avaliação, até porque o que falta no mercado de trabalho, são líderes abertos à modernidade, e um profissional de RH dentro da empresa tem que tentar ao máximo ser o melhor na questão de liderança e saber passar isso para os colaboradores buscando sempre o líder que existe em cada umb.

2.6 O quecaracteriza uma excelente gestão de pessoas?
A gestão que consegue agradar, obter resultados tanto para a empresa quanto para os empregados é uma gestão de sucesso.

2.7 Qual o maior erro que o RH pode cometer numa empresa e quais os aspectos positivos e negativos dessa função?
O maior erro é ter uma visão unilateral das atividades da empresa, o comodismo também é um veneno...
tracking img