Mercado de capitais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4650 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO AO MERCADO DE CAPITAIS

CURSO DE INTRODUÇÃO AO MERCADO DE CAPITAIS

MAIO DE 2008 2008

RÓBINSON DA SILVA RÓBINSON DA SILVA

INTRODUÇÃO AO MERCADO DE CAPITAIS

Os Principais Temas Abordados no Curso
A Importância, a Evolução Histórica e a Estrutura Legal e Institucional do Sistema g Financeiro Nacional, destacando o Mercado de Capitais O Mercado Primário e o Processo deAbertura de Capital das Empresas (IPO) A Governança Corporativa: Sua Importância e seus Fundamentos O Mercado Secundário: Os Principais Mercados de Bolsa A Tributação das Operações realizadas em Bolsa
2008 RÓBINSON DA SILVA

1

INTRODUÇÃO AO MERCADO DE CAPITAIS

A Intermediação Financeira

AGENTES ECONÔMICOS DEFICITÁRIOS

AGENTES ECONÔMICOS SUPERAVITÁRIOS

Potenciais Tomadores

Demandade recursos financeiros para cobrir dé c ts déficits orçamentários

SISTEMA FINANCEIRO (Intermediários Financeiros)

Oferta de recursos financeiros igual aos superávits orçamentários

Potenciais Financiadores

Renda < Despesas

Renda > Despesas

2008

RÓBINSON DA SILVA

INTRODUÇÃO AO MERCADO DE CAPITAIS

As Reformas Econômicas de 1964-1967
No pós Guerra, a economia brasileiraevoluiu significativamente. Entre 1948 e 1962 a taxa média de crescimento do PIB foi de 7%. No entanto, entre 1963 e 1964 a taxa média de crescimento econômico entanto do País foi apenas de 2,2%. Enquanto a taxa de inflação se acelerava da média de 23% no período 1948/1962, para 87% entre 1963 e 1964. Culminando com uma taxa anual superior a 90% em 1964. O País vivia uma profunda crise econômica. OGoverno da época adotou um Programa de Estabilização Econômica (1964/1967), que tinha como pilares: 1) Conter o processo inflacionário; 2) Reduzir o déficit público; e 3) Criar as condições Orçamentárias e Financeiras necessárias à retomada do crescimento econômico.

2008

RÓBINSON DA SILVA

2

INTRODUÇÃO AO MERCADO DE CAPITAIS

A Estrutura Legal do Sistema Financeiro Nacional - SFN
AsReformas no SFN
1) Lei nº 4.595 de 31/12/64 a) Fundamentou a reforma bancária, reestruturando o Sistema Financeiro Nacional; b) Definiu as características e áreas específicas de atuação das instituições financeira; c) Criou o Banco Central do Brasil e o Conselho Monetário Nacional.

2008

RÓBINSON DA SILVA

INTRODUÇÃO AO MERCADO DE CAPITAIS

A Estrutura Legal do Sistema FinanceiroNacional - SFN
As Reformas no SFN
2) Lei nº 4.728 de 14/07/65 Objetivo: Instituir um mercado de capitais forte a ser utilizado na execução da Política Macro de Desenvolvimento Econômico, como fonte de recursos para os financiamentos de longo prazo. a) Disciplinou a constituição e o funcionamento de bancos de Investimento para operar com o financiamento de médio e longo prazo e realizar os lançamentospúblicos de ações (Underwrinting). b) Disciplinou a constituição, a organização e o funcionamento das Bolsas de Valores, e a constituição e o funcionamento das Sociedades Corretoras e Sociedades Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários.
2008 RÓBINSON DA SILVA

3

INTRODUÇÃO AO MERCADO DE CAPITAIS

Evolução Histórica do SFN
O Sistema Financeiro com base nesta nova legislação passoua funcionar com um maior e mais diversificado número de intermediários financeiros não bancários, com áreas especificas e bem determinadas de atuação. Ampliação da pauta de ativos financeiros, com surgimento de novos tipos de contratos e de operações. ExpandindoExpandindo-se as possibilidades de captação e aplicação da poupança financeira.

2008

RÓBINSON DA SILVA

INTRODUÇÃO AO MERCADO DECAPITAIS

A Estrutura Institucional do SFN

O SUBSISTEMA NORMATIVO regulamenta, controla e fiscaliza o Subsistema Operativo através de normas legais, expedidas pelas Autoridades competentes.

O SUBSISTEMA OPERATIVO é constituído pelas instituições financeiras públicas ou privadas e instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central que atuam no mercado financeiro.

2008

RÓBINSON...
tracking img