Mercado de capitais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 29 (7161 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
MERCADO DE CAPITAIS E SUSTENTABILIDADE

SEFAZ

GOVERNANÇA E SUSTENTABILIDADE

A responsabilidade empresarial em relação ao meio ambiente, é fundamental para as empresas se manterem estáveis no mercado atual. Compreender este fato é vital para a competitividade, e faz com que as empresas se preocupem com o controle dos impactos ambientais. Este cenário deve ser encarado comooportunidade para que as empresas adotem práticas de desenvolvimento sustentável, não apenas como postura reativa às exigências da sociedade, mas busquem vantagem competitiva e diferencial no mercado.

1. Mercado de capitais e sustentabilidade
Conforme Gonzalez (2009), o Brasil tem hoje democracia sólida, e já é reconhecido como porto seguro para os investidores estrangeiros, queatualmente observam e avaliam detidamente as oportunidades.
A cada dia se torna relevante levar em consideração as questões socioambientais em conjunto com os aspectos econômico-financeiros. Hoje em dia, não há como existir produtos competitivos financeiramente a custa de danos ambientais e humanos, pois em determinado momento, todos pagarão a conta.
É importante que as empresas se posicionemde maneira transparente de forma pragmática sua pró-atividade em relação ao desenvolvimento sustentável. Elas devem tentar buscar o equilíbrio e aproveitar nossa biodiversidade em prol do crescimento socioeconômico sustentável.
Segundo Callau (2006), a sustentabilidade reflete a forma de gestão no mercado de capitais, somada às praticas de engajamentos de stakeholders, que se traduz emaumento de produtividade, redução de custos e exposição ao risco, competitividade, e conhecimento de ativos e passivos não identificáveis pelos métodos tradicionais de gestão.
Os índices de Sustentabilidade vêm servindo de referência para constituição de outros produtos financeiros, tais como fundos de investimentos e certificados. Valoriza a marca, serve de vitrine para captação de recursos.Fazer parte da carteira com esse formato, agrega valores de transparência, ética, responsabilidade, critérios que qualquer empresa quer atrelados à percepção pública de seu negócio.

2. Índice De Sustentabilidade Empresarial
Em 1999, foi criado nos EUA o Dow Jones Sustainability (DSJI – índice de sustentabilidade Dow Jones), o primeiro índice que avalia o grau de comprometimentosustentável das empresas. Há tempos iniciou-se tendência mundial dos investidores procurarem empresas socialmente responsáveis e engajadas com o conceito de sustentabilidade para investirem seus recursos.
Atenta a esses fatos, a Bovespa em conjunto com diversas instituições financeiras, uniram esforços e criaram o ISE, como referência de Benchmark para os investidores socialmente responsáveis,Bovespa (2009).
O índice foi desenvolvido no Brasil pelo Centro de Estudo de Sustentabilidade (GVCES), da Escola de Administração e Empresas da Fundação Getúlio Vargas (FGV – EAESP), com o auxílio financeiro do International Finance Corporation (IFC).
Os investimentos socialmente responsáveis (SRI), que é a aplicação de recursos em empresas sustentáveis, geram valor para seusacionistas em longo prazo, pois as mesmas estão preparadas para enfrentar oscilações do mercado e riscos econômicos. Essa demanda hoje em dia é amplamente amparada por vários instrumentos financeiros no mercado internacional.
O índice cria ambiente de investimento compatível com as demandas de desenvolvimento sustentável da sociedade, estimulando a responsabilidade ética corporativa. Todos oselementos associados à Sustentabilidade de cada setor, serão avaliados profundamente, incluindo riscos e impactos associados à natureza, de produtos ou serviços prestados pelas empresas.
O ISE analisa comparativamente o desempenho das empresas listadas na Bovespa, sob o aspecto da responsabilidade empresarial, através de ferramentas baseadas na eficiência econômica, equilíbrio ambiental,...
tracking img