Mentes perigosas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1875 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Ana Beatriz Barbosa Silva, médica psiquiatra, descreve com maestria as características de um psicopata nos alertando como reconhecê-los e como nos proteger desses indivíduos na obra “Mentes Perigosas. O psicopata mora ao lado”.
Psicopatas não possuem consciência. Ser consciente refere-se à maneira de existir no mundo, como conduzir a vida, especialmente, às ligações emocionais interpessoais. Éo sexto sentido. É ter a capacidade de amar. A primeira e maior característica dos também chamados sociopatas é a ausência do amor, da empatia. Eles são pessoas frias, calculistas, insensíveis, não possuem senso de responsabilidade ética, são mentirosos, transgressores, incapazes de estabelecerem vínculos afetivos, são desprovidos de culpa ou remorso, podem ser agressivos e violentos. Engana-sequem pensa que os psicopatas são doentes mentais. Não. Eles sabem exatamente o que estão fazendo e onde pretendem chegar, possuem um raciocínio frio e calculista. Sabem quando estão infringindo regras sociais e o porquê de estarem agindo assim. São inteligentes, talentosos, encantadores. Sua deficiência está no campo dos afetos e das emoções.
Para ela o fenômeno da psicopatia é um enigma sombriocom drásticas implicações para todas as pessoas que lutam para a construção de uma sociedade mais humana e justa. Tanto porque, muitos deles, estão do lado de fora das grades utilizando habilidades maquiavélicas contra suas vítimas. Existem muito mais psicopatas que não matam do que aqueles que chegam à desumanidade máxima de cometer homicídio.
A autora alerta para o fato de que eles podem serencontrados em qualquer raça, cultura, sociedade, credo, sexualidade e nível financeiro. Estão infiltrados em todos os meios e vagam pelas ruas como seres normais. Então, como saber em quem confiar? Não há uma fórmula mágica, a confiabilidade é algo subjetivo e passível de engano. Decidir se alguém é digno de confiança requer conhecê-lo muito bem por um determinado período de tempo e obter o maiornúmero possível de informação sobre sua vida. Segundo a classificação Americana de transtornos mentais (DSM-IV-TR), 4% da população mundial têm transtorno de personalidade anti-social. Para Ana, essa porcentagem é a responsável pelo agravamento do problema de violência, corrupção, contaminação ambiental que o mundo vem sofrendo. Sem dizer do terreno fértil criado pela sociedade que banaliza o mal econtribui para a inversão de valores morais.
No capítulo quatro e cindo da obra, a psiquiatra descreve, de maneira mais detalhada, essas “criaturas”. O primeiro estudo sobre psicopatas, feito pelo psiquiatra americano Hervey Cleckley, em 1941, foi o livro The Mask of Sanity (A máscara da sanidade). Com base nos estudos de Hervey, o psiquiatra canadense Robert Hare montou um questionáriodenominado escala Hare (também chamado de psychopathy checklist, ou PCL) que é hoje o método mais confiável na identificação de psicopatas. Ana se propõe, nesses capítulos, a apresentar características-chave que sinalizam o perfil psicopático. Inicia com os aspectos ligados aos sentimentos e relacionamentos interpessoais que são: a superficialidade e eloqüência, os psicopatas costumam ser espirituosos earticulados, porém são superficiais no conhecimento, fingem saber muito, mas não sabem. E não mostram qualquer constrangimento quando desmascarados; egocentrismo e megalomania, possuem uma visão narcisista e supervalorizada de seus valores e importância, reconhecem apenas suas regras e leis. Demonstram falta de interesse por uma educação direcionada e uma carreira específica; ausência desentimento de culpa, para essas pessoas o que está feito está feito e a culpa não passa de uma ilusão utilizada pelo sistema para controlar as pessoas; ausência de empatia, para os psicopatas as pessoas são meros objetos, eles são incapazes de se colocar no lugar do outro, de considerar e respeitar os sentimentos alheios, de amar; mentiras, trapaças e manipulação, mentir, trapacear e manipular são...
tracking img