Mensalao e etica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (472 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
-------------------------------------------------
Soborno, Corrupção e Opressão
Com a Globalização, os mercados mundiais estão cada vez mais próximos, de maneira a que acções num mercado podemafectar outros. No caso de Multinacionais, quando se querem implementar num país, as suas normas morais podem entrar em conflito com as desse país. Algumas aproveitam-se da fragilidade desses países paraimplementar sweatshops. Para impedir isso é necessário fixar normas morais internacionais, que se baseiam no consenso que já existe em relação aos Direitos Humanos Fundamentais. No entanto, aimposição dessas normais não pode ser rígida, para não ir contra as outras culturas, sobretudo as Orientais. Há quem argumente, contudo, que melhorar as condições de trabalho atrasa o crescimento económico.Argumentos Kanteanos dizem que as multinacionais têm obrigação moral de assegurar o cumprimento de leis laborais e segurança mínima. Em relação às normas internacionais, uma das emergentes é a que écontra o suborno. Nos EUA já há a regra de que as empresas não podem pagar subornos para operar noutros países, mas há quem seja contra, dizendo que isso coloca os americanos em desvantagem, por nessespaíses não haver tais regras contra o suborno. Isto deve-se ao relativismo cultural, que é difícil de avaliar, porque comportamentos diferentes não traduzem necessariamente normas morais diferentes.Outras dificuldades na aceitação do relativismo são o nosso uso de linguagem moral (p.e. Nazismo) e a dificuldade de definir "cultura". Face ao seu poder, as MNC em países em desenvolvimento devemassegurar o respeito mínimo pelos Direitos Humanos. Em relação aos modelos comerciais Ocidentais, ao serem exportados devem ser adaptados às culturas.
Em 2005/2006 aconteceu um caso polémico no Brasil,conhecido como “Escândalo do Mensalão”. Este caso consistia num esquema de compra de votos parlamentares, ou seja, de suborno por parte do Poder Executivo a deputados na forma de mensalidade. Neste...
tracking img