Meninas da noite - gilberto dimenstein

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (465 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Jornalismo Investigativo



Durante seis meses, Gilberto Dimenstein investigou a rota do
tráfico de meninas na Amazônia, viajando pelo submundo da
prostituição infantil.



As cidadesvisitadas foram: Belém, Imperatriz, Laranjal do
Jari, Manaus, Porto Velho, Rio Branco, Cuiabá, Alta Floresta,
Itaituba, Cuiú-Cuiú.



A investigação sobre a violência e prostituição da criançana
Amazônia foi realizada entre 1991 e 1992.



A pesquisa e observação renderam uma série de reportagens
sobre a prostituição de meninas consideradas escravas da
região norte e nordeste doBrasil. As reportagens foram
publicadas no jornal Folha de S. Paulo, em 1992



Dimenstein realizou um trabalho amplo, que durou um ano
entre planejamento, investigação e publicação das matérias. 

Segundo Gilberto Dimenstein, um dos
estímulos à prostituição é a própria família:
"A garota trabalha, em geral, de vendedora
de chiclete ou bala. Mas é obrigada a levar
uma determinadaquantia para casa, sob
pena de apanhar. Sem dinheiro, às vezes ela
se entrega aos homens para voltar para casa
com a quantia exigida. O furto é outra
alternativa, porém mais arriscada.“

Outro modo é a promessa de emprego em
outra cidade, como faxineira, cozinheira...



A promessa de brinquedos, como bonecas,
também levou algumas das meninas para a
rota sexual e escrava. Maria Aparecida da Silva:
“Quando completou onze anos, ela queria ganhar uma
boneca bonita. Não uma de pano ou de plástico. Um
homem prometeu a boneca. Ela subiu na garupa de sua
bicicleta. Ele disseque trocaria o sonho pela virgindade.
Abandonada, acabou numa creche. Nos primeiros dias,
deprimida, chorava e repetia que queria morre. Hoje está
melhor – conseguiu uma família e várias bonecas”.



Todas as meninas relatadas em nesta obra têm problemas
com os familiares, algumas nem possuem pais ou
familiares, não tendo ao menos onde morar.



As meninas tem que pagar por...
tracking img