Memorias musicais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1257 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
INSTITUTO DE EDUCAÇÃO-CAMPUS DE CUIABÁ
CURSO DE PEDAGOGIA-4º ANO MATUTINO
PROJETOS INTEGRADORES II
PROFª. RITA DOMINGUES















MINHAS MEMÓRIAS MUSICAIS


















CUIABÁ
2013

Falar sobre música na minha vida é de extrema importância, pois a música sempre me acompanhou em diferentes momentos deminha vida. Aprendi a conservá-la de maneira da qual eu pudesse interpretar e/ou entendê-la em sua essência, pois a música emociona e me contagia nos momentos de alegria, tristeza surpresa e até de melancolia.
Minha infância foi marcada com as músicas da época de trailer de filmes românticos, cantigas de roda, nas brincadeiras, nas trilhas sonoras de novelas ocupando assim, espaço em minhamente e no coração. Reportando a minha infância e conversas com minha mãe, recordo-me das cantigas de ninar que me faziam tão bem. Acalentavam-me e me encantavam! Músicas estas, que até hoje marcam minha vida.
A canção intitulada “Sítio do pica pau amarelo” composta por Gilberto Gil, era uma das minhas preferidas. Assistia ao filme e cantava junto com o compositor.

Sítio do pica pauamarelo
Marmelada de banana, bananada de goiaba
Goiabada de marmelo
Sítio do Pica-Pau amarelo
Sítio do Pica-Pau amarelo
Boneca de pano é gente, sabugo de milho é gente
O sol nascente é tão belo
Sítio do Pica-Pau amarelo
Sítio do Pica-Pau amarelo
Rios de prata, pirata
Vôo sideral na mata, universo paralelo
Sítio do Pica-Pau amarelo
Sítio do Pica-Pau amarelo
No país da fantasia, num estado deeuforia
Cidade polichinelo
Sítio do Pica-Pau amarelo

Para eu dormir, minha mãe cantava “Samba lelê”, “Samba Criola”, “Boi da cara preta (essa eu tinha medo!)”, “A canoa virou”, “O cravo e a rosa”, entre outras. Quando aprendemos (eu e meus irmãos) a andar, correr e saltitar, minha mãe nos reuniu em alguns momentos do dia para brincar/ cantar “ciranda cirandinha”, “caranguejo”,“uni-duni-tê,“ e outras brincadeiras e canções que não recordo no momento.

Samba Lelê

-Samba Lelê tá doente
Tá com a cabeça quebrada
Samba Lelê precisava
é de umas boas palmadas

Samba, oi samba, oi samba oi Lelê !
Samba, oi samba, oi samba oi Lalá !
Samba, oi samba, oi samba oi Lelê !
Na barra da saia...
Samba Criola

-Samba criola, que veio da Bahia!
Pega essa criança e joga na bacia !A bacia é de ouro, ariada com sabão.
Depois de ariada, enxuga com roupão!
O roupão é de seda, camisinha de filó
Roupinha de veludo, prá dar benção à vovó.
À benção, vovó! À benção, vovó!
Boi da Cara Preta

Boi, boi, boi
Boi da cara preta
Pega este menino(a) que tem medo de careta

Não , não , não
Não pega ele não
Ele é bonitinho, ele chora coitadinho
A canoa virou

A Canoa virouPois deixaram ela virar
Foi por causa da (nome da pessoa)
Que não soube remar
Se eu fosse um peixinho
E soubesse nadar
Eu tirava a (nome da pessoa)
Do fundo do mar
Siri pra cá
Siri pra lá
(Nome da Pessoa) é bela
E quer casar
O Cravo e A Rosa
-O cravo brigou com a Rosa
Debaixo de uma sacada.
O Cravo saiu ferido
E a Rosa despetalada.
O Cravo ficou doente
A Rosa foi visitar
O Cravoteve um desmaio,
E a Rosa pôs-se a chorar.

Ciranda cirandinha

Ciranda, cirandinha, vamos todos cirandar, vamos dar a meia-volta, volta e meia vamos dar 
O anel que tu me deste era vidro e se quebrou 
O amor que tu me tinhas era pouco e se acabou 
Por isso, D. Fulano entre dentro dessa roda 
Diga um verso bem bonito, diga adeus e vá-se embora 
A ciranda tem tres filhas 
Todas tres porbatizar 
A mais velha delas todas 
Ciranda se vai chamar

Caranguejo 

Caranguejo não é peixe 
Caranguejo peixe é 
Caranguejo não é peixe 
Na vazante da maré. 
Palma, palma, palma, 
Pé, pé, pé 
Caranguejo só é peixe, na vazante da maré!
Uni - du - ni - tê

- Uni - du - ni - tê,
Sa - la - mê min - guê,
um sorvete colorê
o escolhido foi
vo -cê!



Teoricamente MÚSICA...
tracking img