Memorias De Um Sargento De Milicias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (308 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de julho de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
Capítulos 5-6
Durante a sessão de feitiçarias apareceu o Major Vidigal, caracterizado pelo autor como “um homem alto, não muito gordo, com ares de moleirão; tinha oolhar sempre baixo, os movimentos lentos, e a voz descansada e adocicada”. Ele era o policial e o poder máximo da cidade. Quando ele chega os feiticeiros tentam fugir, mas sãocercados, e o Major obriga-os a continuar a dançar até cansarem. Ao final ele os pune com chibatadas e questiona Leonardo o porquê dele está fazendo aquilo. Em seguida oMajor ela Leonardo para a Casa da Guarda onde ele passa a noite até ir para a cadeia.
Durante uma Via Sacra de rua, o barbeiro perde Leonardo (filho), que saiu junto comoutros meninos a um acampamento de ciganos. O barbeiro sem noticias volta para a casa. Passado a noite fora de casa, no dia seguinte o menino volta para casa mentindo parao barbeiro, que não fica com raiva, que estava em um oratório.
Capítulos 7-8-9
Então entra em cena a madrinha de Leonardo, descrita como, “uma mulher baixa,excessivamente gorda, bonachona, ingênua ou tola até um certo ponto, e finória até outro; vivia do oficio de parteira, que adotara por curiosidade e benzia de quebranto...”, conhecidacomo “papa-missas” por passar o dia inteiro nas igrejas. Quando estava na igreja ouviu sobre a briga de Leonardo Pataca e Maria e sobre o que acontecera com o filho, indoa procura do barbeiro para saber mais.
O pátio dos bichos era a sala que existia no saguão do palácio Del-Rei, na qual ficavam os velhos oficiais de serviço, a espera desuas ordens. Um tenente-coronel, era o mais velho e havia acompanhado El-Rei a suas viagens ao Brasil, e esse a qual a Madrinha vai pedir para que soltem Leonardo Pataca
tracking img