Memorial de leitura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2656 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Escola Estadual Cecílio Mattos
Município Juazeiro

LEITURAÇÃO
INSTITUTO ANISIO TEIXEIRA

MEMORIAL DE LEITURA

Juazeiro - BA
2010

MARIA ELZA DA SILVA LANTYER BATISTA

MEMORIAL DE LEITURA

Memorial apresentado como parte integrante da formação do LEITURAÇÃO
Sob a orientação da formadora: Denise Dias de Carvalho Souza

Juazeiro - BA
2010
DEDICATÓRIA

Dedico este memorial:A meu esposo Jose Leopoldo Lantyer Batista, meu presente, sem ele nenhum sonho seria possível ou valeria a pena.

A minhas filhas Vanessa da Silva Lantyer Batista, Fernanda da Silva Lantyer Batista e Neuza da Silva Lantyer Batista, as quais dedico minha vida.

Ao meu pai Pedro Silva (In Memória) e minha mãe Zilda Ferreira da Silva que um dia sonharam e hoje compartilham este importantemomento comigo.

A Paulo Freire, o verdadeiro imortal da educação do Brasil e do mundo por seu amor e compromisso com os homens.

AGRADECIMENTOS

Gostaria de agradecer:

A professora Denise Dias de Carvalho Souza, minha orientadora que abriu meu olhar para uma melhor atuação diante da leitura, interpretação e raciocínio, facilitando meu entendimento com a linguagem matemática, o meu eternoagradecimento.
A diretora da escola que leciono Linda Maria Mattos Viana, pela compreensão diante da minha ausência nos dias de curso.
Aos colegas por me acompanharem nesta caminhada, me dando apoio e força para acompanhar e finalizar o curso.



MENSAGEM

Hoje, nas escolas, a leitura e a escrita é passada de forma obrigatória, cansativa, as redações e os livros indicados para leiturasão impostos pelos professores com uma nota já especifica, e o sentimento de obrigação nos alunos torna-se um dever cansativo e desprazeroso.
Para sairmos da linha padrão da leitura e escrita imposta pela escola é preciso inovar e procurar leituras prazerosas. A leitura e a escrita, sendo elas usadas de forma prazerosa, serve para o individuo colocar no papel toda sua expressão diante do mundo edo que sente é um meio bastante eficaz para o acúmulo de informação de opinião.
Saber ler e escrever não são uma tarefa única do professor de português. Em uma escola a responsabilidade de atribuir à leitura e a escrita é de cada professor, independente da disciplina que ensine.
A leitura e a escrita são pré-requisitos indispensáveis na formação de um aluno. É preciso proporcionar ao aluno oconhecimento histórico, para que ele venha ser um produtor de conhecimentos, através de leituras diversas.
A sala de aula é o lugar onde deve haver o estimulo, criando assim uma ligação com as letras, o professor mostrando novos e diferentes livros para seus alunos, explorando gostos e criando vínculos de leituras, acendendo nele o interesse ainda adormecido.
O prazer pela leitura e escritadeve ser trabalhado diariamente pelos professores e passado para os alunos como uma forma de expressão, desabafo, projetos, e podem contar suas historias dando-lhes assim oportunidades de verem a escrita de outro ângulo, mais amplo e não limitado. A estimulação deve ser feita no cotidiano, fazendo com que os alunos levem para a sala de aula tudo de novo e interessante, o que chamam sua atenção, comoreportagens, poesias, musicas, desenhos e referencias concretas.
Elza Lantyer




SUMÁRIO

1 - A PRIMEIRA CIDADE: A PRIMEIRA ESCOLA........................................... 6
2 - MINHAFORMAÇÃO.............................................................................. 7
3 - UM NOVO CAMINHO: A LEITURAÇÃO.................................................. 8
4 - REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

MEMORIAL DE LEITURA


1 - A PRIMEIRA CIDADE: A PRIMEIRA ESCOLA

Nasci numa cidade do interior do Estado do Piauí chamada Guadalupe, cidade pequena, muito quente e muito pobre, morei lá apenas sete anos e não me recordo de nenhuma experiência de leitura...
tracking img