Memorial da pratica docente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1812 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO

Maria Amélia Sequeira Alencastro
Profª. Patrícia Marchand
Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI
Licenciatura / Pedagogia (PEDO 0381) – Processos de Alfabetização
14/07/2012

RESUMO:
Este estudo tem a intenção de analisar o conceito de alfabetização de como é visto hoje e suas praticas,de como os professores encaram o processo de alfabetizarfrente as estas mudanças ocorridas nestas últimos 3 décadas e como é importante ter a noção destas transformações que foram surgindo e que hoje não é o mesmo conceito de 30 anos atrás. É de suma importância a compreensão do professor que lida com a alfabetização e os professores da língua portuguesa que atualmente temos que ter a percepção que a sociedade se modificou e que temos que adequar oensino e a escola a esta nova visão. As novas tecnologias estão aí e transformando nossa sociedade e devemos nos adequar as essas mudanças, aprendendo que nosso aluno tem uma visão de mundo e tem sua própria vivência e que deve ser valorizada e respeitada para tornar a sua aprendizagem significativa e efetiva.


Introdução

Temos hoje encontrado problemas nas práticas de alfabetização dentrodas escolas, pois como a mudança na LDB, o ensino fundamental teve importantes mudanças, a criança que antes ingressava na escola com 7 anos passar a entrar com a idade de 6 anos, com isto o conceito de alfabetização passa por transformações. Vemos que a alfabetização perpassa os primeiros anos das séries iniciais, que é de competência alfabetizar ao longo deste período. Com os novos estudosda sociolinguística, alfabetizar é considerar a leitura de mundo que o individuo tem, valorizando suas necessidades e interesses, tornando mais significativa a sua aprendizagem, pois alfabetizar não é somente decodificar o código escrito e sim se apropriar do mesmo e saber usá-lo de maneira adequada, que o mesmo possa ler, escrever e produzir a sua própria linguagem de maneira satisfatóriasabendo interpretar e se comunicar com o mundo que está inserido.Em cima da evolução dos estudos nessa área , a dificuldade que os profissionais da educação tem encontrado perante uma sociedade que tem pensamento já preconcebido que o aluno deve sair de um primeiro ano alfabetizado .Sendo que alfabetizado para este mesmo grupo é só a decodificação da escrita e da leitura não levando em contadoo seu letramento.
Palavras-chaves: Alfabetização, letramento, educação.

Desenvolvimento:
Ao estudar sobre a temática ALFABETIZAÇÃO, tanto no livro “Processos de Alfabetização” da Professora Neuzi Schotten vemos a preocupação de preparar os novos professores para a nova realidade de ensino que hoje estamos nos confrontando, com vários teóricos e colaboradores nessa área dando a formaçãoadequada para que o mesmo possa realizar o seu trabalho de maneira apropriada com os novos conceitos que estão fazendo parte de nosso cotidiano. Existe ainda o questionamento e a resistência dos envolvidos nessa prática por parte de professores, alfabetizadores e comunidade, pois é um processo que ainda está passando por transformações e adequações perante a sua implantação. Ao lermos textos, artigose livros sobre o tema alfabetização percebemos a preocupação em alfabetizar letrando, pois ao longo dos anos percebemos a dificuldade dos alunos de saber interpretar o que está lendo e de fazer qualquer tipo de produção textual, acarretando ao longo destes anos um nível muito baixo de aproveitamento dos estudantes. Alunos que não conseguem se expressar corretamente tanto pela escrita e pelaleitura tendo assim um baixo rendimento escolar, pois não conseguem nem sequer interpretar um problema matemático e muito menos ler um texto e reproduzi-lo com suas palavras. Por essas questões que os teóricos e estudiosos da área da linguística se preocupam com as práticas educativas dos professores alfabetizadores.
Na revista Pátio, número 29 de fevereiro de 2004, tem um texto de Magda Soares “...
tracking img