Membrana

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6226 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Características da produção científica sobre doenças sexualmente transmissíveis...

Reis RK, Gir E.

INTRODUÇÃO
Ao longo da história milenar das doenças sexualmente transmissíveis (DST), o estigma e o preconceito sempre se fizeram presentes, a ponto de se constituírem numa interferência negativa nas questões do seu enfrentamento. Os profissionais da saúde através de ações educativas devemeducar a população sobre a prevenção e os riscos das DST, bem como estimular a procura pelos Serviços de Saúde quando perceberem sintomas sugestivos de uma DST como corrimento, verrugas e feridas nos órgãos genitais. Estima-se que 12 milhões de novos casos de DST ocorram por ano no país, e destes, apenas 30% procuram os Serviços de Saúde e os demais 70% optam pela automedicação e/ou procuram poratendimento em farmácias(1).

acolhimento do paciente, seja prestando cuidado ou coordenando outros setores para a prestação da assistência(3) Apesar dos avanços científicos, a doença é incurável e são alarmantes os números atuais da epidemia, tornando-se de grande importância o desenvolvimento da pesquisa, para que os conhecimentos gerados sejam divulgados e aplicados no ensino e na assistência,contribuindo desta forma, para um ensino de melhor qualidade e uma assistência mais humanizada e integral, visando melhorar também, a qualidade de vida dos portadores de HIV/aids. Diante destas considerações torna-se relevante a realização de pesquisa sobre as DST/aids pois constituem como instrumento que produz conhecimento e que retroalimenta as atividades de ensino e assistência. Comoprofissionais que militam na área da saúde, temos constatado que o conhecimento disponível sobre aids é extenso, considerando-se o pouco tempo decorrido desde a sua identificação, ao mesmo tempo, temos nos deparado com a escassez de estudos de enfermagem quanto às demais DST.

As DST sempre tiveram significado importante para a saúde pública, mas eram consideradas de maneira tímida e até subestimadaspelas autoridades de saúde. Com o surgimento da síndrome da imunodeficiência adquirida (aids), ficou evidente a sua Estudos analisando a produção literária em relevância enquanto fator de risco para a mesma, e diversas áreas da enfermagem brasileira também desta forma passaram a ser reconhecidas e valorizadas pelas autoridades de saúde, comunidade científica e apontam para escassez quantitativas depublicações por enfermeiros e ainda demonstram lacunas na população em geral(2) construção do conhecimento, destacando a necessidade A aids é a DST mais recente que se conhece e a de maior envolvimento dos profissionais(4-5) única de notificação compulsória. Identificada no início Conforme cita Tsunechiro, Carvalho, Posso, da década de 80, constitui-se num expressivo problema Elsas, Lui(6) aprodução científica da enfermagem no de saúde pública mundial. As pessoas portadoras do HIV/aids são vítimas de implicações físicas e biológicas Brasil preocupa os enfermeiros, diante da necessidade devastadoras, bem como sociais, espirituais, de estrutu rar o co rpo de conheci me ntos da psicoemocionais, e enfrentam sobretudo, o caráter enfermagem, principalmente na última década, estigmatizante de umainfecção que envolve a dimensão visando melhorar a qualificação dos profissionais, comportamental do indivíduo. A epidemia afeta todos os torná-los mais atuantes na sociedade, aumentar seu grupos sociais com predominância da faixa etária de 20 a campo de atuação e estabelecer vínculos com outros 39 anos, impondo diversos desafios à humanidade. profissionais em equipes de trabalho. Constitui-seobjeto de constantes estudos e esforços, que Diante do exposto e da importância de se buscam a prevenção e o controle da infecção/ doença, pesquisar sobre DST/aids realizamos este estudo que tem melhor assistência aos portadores e a descoberta de como objetivo geral, caracterizar os artigos sobre tais tratamentos e vacinas eficazes. temáticas, em periódicos de enfermagem do Brasil, Dada a...
tracking img