Melodrama, sua genealogia e as telenovelas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 149 (37154 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL NÚCLEO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

A GENEALOGIA DO MELODRAMA: DOS PALCOS ÀS TELAS E A NOVELA “A FAVORITA”

ORLANDO CORRÊA NEVES CASTOR 10668003-1

NOVA FRIBURGO 2009

2

ORLANDO CORRÊA NEVES CASTOR

A GENEALOGIA DO MELODRAMA: DOS PALCOS ÀS TELAS E A NOVELA “A FAVORITA”

Monografia apresentada em cumprimento parcialpara obtenção do certificado de bacharel em Jornalismo, do curso de graduação em Comunicação Social da Universidade Candido Mendes, campus Nova Friburgo. Orientadora: Prof.ª Esp. Patricia Furtado Mendes Machado.

NOVA FRIBURGO 2009

3

FOLHA DE APROVAÇÃO

A monografia “A GENEALOGIA DO MELODRAMA: DOS PALCOS ÀS TELAS E A NOVELA „A FAVORITA‟”, elaborada por Orlando Corrêa Neves Castor, foidefendida no dia 10 de dezembro de 2009, perante a banca examinadora composta por: Prof.ª Esp. Patricia Furtado Mendes Machado, Prof.ª Esp. Deborah Maria Braga Pinaud e Prof. Dr. Marcus Straubel Wolff.

_______________________________________ Patricia Furtado Mendes Machado Orientadora

_______________________________________ Deborah Maria Braga Pinaud

_______________________________________Marcus Straubel Wolff

Nova Friburgo, _______ de ____________________________ de 2009.

4

DEDICATÓRIA

A Alita Sá Rêgo, que me apresentou o melodrama e os textos de J. Martín-Barbero. Aos noveleiros, que fizeram desta indústria a cara do Brasil. Àqueles simplistas, que, erroneamente, pensam a telenovela como despejo cultural alienante.

5

AGRADECIMENTOS

Primeiramente aos meuspais, que sempre acreditaram no meu potencial; a família será sempre o porto seguro de todos. À minha orientadora Patricia Machado, pela paciência, dedicação e perseverança sobrehumanas com meu trabalho. À professora Débora Breder, por me guiar pelos caminhos da monografia bem embasada. Aos membros de minha banca, por terem aceitado desbravar um mundo melodramático. Aos professores teóricos, poissem eles não haveria essência alguma esta pesquisa. Aos meus amigos que, pacientemente, entenderam minha ausência de Teresópolis por quatro anos. Aos amigos que conquistei nas andanças por Nova Friburgo. À Universidade Candido Mendes e seus professores.

6

“Tudo é possível. O impossível só leva mais tempo”
Lema da Agência Americana de Segurança (NSA)

7

RESUMO Esta pesquisa tem comoobjetivo apontar em “A Favorita” as constantes do melodrama, a partir da análise de algumas cenas e a construção de quatro personagens melodramáticos, essenciais para este tipo de trama, como aponta Martín-Barbero (2003): Vítima, Justiceiro, Bobo e Vilão. Para tanto, fizemos um levantamento genealógico do gênero, onde, na fundamentação teórica, utilizamos as características próprias do melodrama,bem como sua contextualização histórica e aplicação na dramaturgia da comunicação de massa. Partimos da hipótese que o melodrama, por ser facilmente identificado pelo público, ainda se mantém presente na dramaturgia, principalmente em uma telenovela que se construiu na propaganda de declarar-se inovadora.

Palavras-chave: telenovela – melodrama – narrativa seriada – A Favorita – João EmanuelCarneiro

8

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO ..................................................................................................................... 9 CAPÍTULO I – AS NORMAS DO DRAMA: DA TRAGÉDIA GREGA AOS PALCOS FRANCESES ....................................................................................................................... 13 1.1 A “Poética” de Aristóteles e anormatização do drama .................................................. 13 1.2 O início do melodrama como estilo ................................................................................ 20 1.3 Características do melodrama ......................................................................................... 25 CAPÍTULO II – COMUNICAÇÃO DE MASSA: A DRAMATURGIA NOS JORNAIS, NO RÁDIO E NA TV...
tracking img