Meios multiplicadores

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1761 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

O ser humano, desde os primórdios, tem necessidade em se comunicar. Palavra essa que vem do Latim Communis, que quer dizer “bem comum”, indica algo a ser compartilhado, aquilo que queremos tornar comum a todos.
A Comunicação pode ser definida,simplesmente,como a arte de transmitir informações, ideias e atitudes. Basicamente, quer estimular um ou vários sentidos do destinatário(EMERY, E. , AULT, P.H, AGEE K. W, 1974). Com isso, o homem inventou recursos auditivos, visuais ou audiovisuais para chegar até o público e transmitir sua mensagem de forma mais relevante e de maior amplitude.
No presente trabalho iremos exemplificar alguns dessas mídias como meios multiplicadores, explicar sua fabricação e descrever veículos de comunicação de acordo com a Teoria de Lasswell.Para a pesquisa foram coletados dados de sites, alguns livros e artigos científicos.























DESENVOLVIMENTO

1. MEIOS DE COMUNICAÇÃO

Os meios de comunicação operam imediatamente com o sensível, o concreto, principalmente, a imagem em movimento (MORAN, J.M, Revista Brasileira de Comunicação,1994).
Os veículos de comunicação em geral,tem uma linha de superposição de linguagens e mensagens para facilitar a aprendizagem,utilizados no campo escolar,familiar, religioso etc. Há muito tempo esses meios vem aperfeiçoando o modo como passar a mensagem certa,tanto para adultos ou crianças para que tenham acesso ao conhecimento de forma clara e abrangente.
Não há dúvidas quanto a eficácia da persuasão nesses meios,por usar daarticulação, combinação de linguagens (imagens,fala,música,escrita,etc) com alguma ideia central para atingir determinados grupos de pessoas.



2. MEIO TÉCNICO

É o elemento material com que a informação ou conteúdo simbólico é fixado e transmitido do produtor para o receptor. Todos os processos de intercâmbios simbólicos envolvem um meio técnico, até mesmo as afirmações linguísticasface a face (conversa).
Ex. Laringe, cordas vocais, ondas do ar, ouvidos, tímpanos.

2.1. JORNAL IMPRESSO

O jornal impresso apresenta uma estrutura diferenciada de qualquer outro veículo. O que o caracteriza é o uso de papel de impressa,que é mais barato e de menor qualidade. Há alguns com conteúdo especializado ou generalista.
De acordo com Benette (1998) é necessário que hajainformação, mas não qualquer informação, mas sim a narração resumida dessa informação tendo como princípio o novo, aquilo que não é conhecido do público-leitor,pois a novidade é o motor do jornal e do jornalismo. Ainda de acordo com o mesmo autor a notícia se constitui numa cadeia de gêneros discursivos que podem ser entendidos a partir dos recursos próprios da edição do jornal tais como: título, imagens(fotografias, ilustração, infografia, selo, charges. A edição pode, também, exigir recursos gráficos (olho, linhão) que também se enquadram como gêneros discursivos. Além disso, é da notícia que surgem outros gêneros como a crônica, o comentário, a análise, a crítica, a opinião. No jornal impresso diário, na maioria absoluta das vezes, esses são gêneros que se originam depois da notícia que "nasceu"depois da informação.
Etapas do processo de edição de um jornal: Pauta, Apuração de Notícias, Redação das Notícias e Matérias e selecionam as fotografias de acordo com os títulos. Após isso faz-se a diagramação,ou seja,as páginas são montadas no padrão do jornal, transformando-se em arquivo digital depois de pronto. Esses arquivos são enviados via internet para o processo de revisão e impressão.2.2. RADIO

A onda do Rádio é uma onda eletromagnética propagada por uma antena. Essas ondas tem diferentes frequências e, ao sintonizar um receptor de rádio em uma frequência específica, é possível captar um sinal. Uma estação de rádio tem Megahertz, que significa "milhões de ciclos por segundo", então "91.5 megahertz" significa que o transmissor da estação de rádio oscila numa...
tracking img