Meios monetári

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 39 (9743 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
– MEIOS MONETÁRIOS E FINANCEIROS
5.1 – DINHEIRO E SUAS FUNÇÕES
O aparecimento do dinheiro não é uma invenção técnica pura e simples nem resulta apenas do incremento das trocas. A passagem da simples permuta para o uso do dinheiro não acontece em geral directamente, mas sim através de fases intermédias cujo conhecimento e compreensão correspondem à natureza da sua função. Quando ocorre anecessidade duma determinação generalizada do valor torna-se imprescindível dispor duma medida que exprima o valor de todas as mercadorias e as torne comparáveis. Esta terceira mercadoria tende a restringir a sua forma específica como bem de consumo ou de produção e a assumir, de forma predominante, a sua função de intermediária na circulação mercantil. A característica específica do dinheiro consiste emdistinguir-se das restantes mercadorias na medida em que é directa e universalmente permutável por qualquer uma outra.
Os actos, de venda e compra, em que podem intervir indivíduos diferentes, possibilitam que a troca se separe no espaço e no tempo, podendo conservar-se o dinheiro obtido por um período mais ou menos longo. O dinheiro liberta a troca dos limites estreitos das relações entreapenas dois produtores, para as transformar num fenómeno iminentemente social.
Para o dinheiro surgir na vida económica é imprescindível que estejam preenchidas diversas condições. O processo que leva ao aparecimento do dinheiro é o resultado dum longo processo histórico, que resulta dum nível já bastante elevado do desenvolvimento da produção mercantil e da existência dum intercâmbio regular. Umaespécie particular de mercadorias adquire a forma de dinheiro quando os produtores as admitem como forma unitária e geral de valor. Inicialmente foram diversas as mercadorias empregues como equivalente geral: o gado foi um dos produtos constituído como unidade de medida do valor das transacções; entre outros objectos pré-monetários contam-se os cereais, as barras de sal, as contas de âmbar e de vidroou as conchas. Os chineses utilizavam, nas grandes operações comerciais ou pagamentos, peças de seda com dimensões regulamentadas, e vestuário de cânhamo. Os “cauris” (conchas dum molusco) espalharam-se um pouco por toda a parte ao sul do Sara, constituindo uma espécie de unidade monetária de toda a África Negra. Os ameríndios da parte setentrional do continente americano usavam como moeda aspeles de castor.
À medida que se foi incrementando a troca mercantil, a forma do dinheiro foi-se fixando na prata e no ouro graças às suas propriedades físicas e químicas. O facto de estes metais servirem como meio de troca privilegiado motivou o aperfeiçoamento e o desenvolvimento da tecnologia destinada à sua produção, apesar do fraco consumo. O ouro e a prata também se compravam e vendiam, masesta função era suplantada pela função de medida de valor de troca de todas as mercadorias. Com o aumento da produtividade no trabalho de produção destes dois metais, o seu valor baixou subindo, por consequência, o preço relativo de todas as mercadorias quando se exprimiam em relação ao ouro e à prata.
Na economia mercantil, o dinheiro cumpre as seguintes funções: 1. medida de valor; 2. meio decirculação; 3. meio de entesouramento; 4. meio de pagamento; 5. meio de acumulação; 6. dinheiro universal. O alcance e a importância relativa de cada uma destas funções indiciam diferentes níveis do processo social de produção.
Como medida de valor, a função do dinheiro consiste em proporcionar um ou mais materiais para expressar o valor de todas as restantes mercadorias. O próprio dinheiro começapor ter um valor, cuja substância é o trabalho despendido na sua produção. Toda a mercadoria expressa o seu valor em dinheiro, o que possibilita a comparação quantitativa entre as diversas mercadorias. O dinheiro pode assim cumprir a sua função de medida de valor face à correlação que se estabelece entre o seu valor e o valor duma outra mercadoria.
Como meio de circulação, a função do dinheiro...
tracking img