Mega eventos esportivos e impactos ambientais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1513 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA
LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA
DEPARTAMENTO DE SAÚDE






MEGA EVENTOS ESPORTIVOS E IMPACTOS AMBIENTAIS




CAROLINA XAVIER PINHO
MONICA NAYARA DA SILVA REIS

FEIRA DE SANTANA
2012
CAROLINA XAVIER PINHO
MÔNICA NAYARA DA SILVA REIS




MEGA EVENTOS ESPORTIVOS E IMPACTOS AMBIENTAISAtividade avaliativa para aprovação parcial na disciplina Direito Ambiental do curso de Direito Departamento de ciência humanas da Universidade Estadual de Feira de Santana.
Professora: Adriana


FEIRA DE SANTANA
2012
INTRODUÇÃO

Os mega eventos esportivos são hoje em dia uma das mais freqüentes manifestações da indústria do entretenimento. Os mesmos modificamconsideravelmente as áreas econômicas, sociais e ambientais. Nesse sentido, os impactos no meio ambiente urbanístico ou em algum dos seus componentes por determinada ação ou atividade humana são características importantes, para criticidade individual ou coletiva.
Para mensurar os danos gerados à natureza pelos eventos esportivos, é necessário uma avaliação dos impactos ambientais, que, bemestudado constituem um grande aliado às práticas de gestão e sustentabilidade que normalmente significa investimentos no meio ambiente, onde deixa de agir em função dos riscos e passa a perceber também as oportunidades (PHILIPPI JR.; MAGLIO, 2005; MOREIRA, 2006).
Este trabalho tem por finalidade apresentar os principais impactos sofrido pelo meio ambiente com a execução dos dois maioreseventos esportivos (Copa do Mundo 2014; Olimpíadas 2016) a serem realizados no Brasil, dando um enfoque na área urbanística.



DESENVOLVIMENTO
COPA DO MUNDO DA FIFA -2014 e Olimpíada- 2016
A copa do mundo da FIFA juntamente com a Olimpíada de 2016 é um dos maiores eventos esportivos existentes no mundo. A vigésima copa do mundo da FIFA ocorrerá 64 anos depois da edição em que aseleção nacional se consagrou vice-campeã mundial em pleno Maracanã.
No dia 20 de outubro de 2007 foi decidido qual país sediaria a copa do mundo de 2014, o Brasil foi contemplado, desde então o país vive em um constante movimento para dar conta das exigências da FIFA. Vários projetos foram pensados para receber os atletas e os mais milhares de pessoas que aqui se dirigirão.Estima-se que a Copa do Mundo da FIFA 2014 agregará 183 bilhões de reais ao PIB do país e mobilizará 33 bilhões de reais em investimento em infraestrutura, com destaque para a área de transporte e sistemas viários. Aproximadamente 3,7 milhões de turistas, brasileiros e estrangeiros, deverão gerar, no período do evento, R$ 9,4 bilhões. Em todas as áreas, 700 mil empregos permanentes etemporários serão criados. (GOVERNO FEDERAL BRASILEIRO).
Segundo o Ministério dos Esportes, a olimpíada de 2016, com base em estudos da Fundação Instituto de Administração (FIA), terá um investimento direto de R$ 28,8 bilhões, entre Comitê Organizador e Infraestrutura.

CIDADES QUE CEDIARAM A COPA 2014:
O Governo Federal tem entre seus projetos investir na transformação das capitais maisimportantes do país. Estas são: Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Para todos os brasileiros, qualquer que seja o resultado da Copa, ficará um relevante legado em infraestrutura, criação de emprego e renda e promoção da imagem do país em escala global.
Fazendo um retrocesso: O Pan Americano realizado noBrasil em 2007 foi um exemplo de propostas que apenas ficaram na teoria, na prática os brasileiros sofrem até os dias atuais com o descaso do governo perante os mesmos. O Pan Americano tinha um discurso integrador das classes, que seria importante para o país nas questões socioeconômicas, quando na verdade não era nada que os mesmos pregavam. Um exemplo que Borges e Mascarenhas (2009), trazem é...
tracking img