Medidas em laboratorio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1215 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
Campus Diadema
Departamento de Ciências Exatas e da Terra

Química das Transformações

Experimento 2
Observações e Medidas em Laboratório

Professores:
Amedea Barozzi Seabra
Ricardo Galdino

Alunos:
Andreia Mieko Matsushita
Beatriz Oliveira Dias
Jessica Mayara Ataide
Introdução

Possuir o conhecimento para determinar a massa de sólidos,saber qual equipamento é melhor para usar em experimentos que exijam precisão de um volume, manusear o bico de Bünsen e mesmo calcular a densidade. São conhecimentos de suma importância para o desenvolvimento deste curso, pois são técnicas que serão utilizadas na maioria das análises.

Objetivos

- Demonstrar corretamente os resultados de medidas;
- Aprender a funcionalidade do bico de bunsen esuas partes;
- Ter contato com técnicas laboratoriais básicas.

Procedimentos Experimentais

1.
I. Pesamos um corpo metálico em dois tipos de balança (analítica e semi-analítica).

2.
I. Medimos a temperatura da água destilada utilizada nos procedimentos seguintes.
Em uma balança semi-analítica:
II. Pesamos um béquer de 200 mL.
III. Utilizando uma pipeta volumétricatransferimos 10,0 mL de água destilada para o béquer. Pesamos o béquer com a água.
IV. No mesmo béquer, transferimos mais 30,0 ml de água com o auxílio de uma proveta. Pesamos novamente o béquer com o novo volume de água.
V. - Completamos o volume do béquer até 50,0 mL, com base na graduação apresentada pelo mesmo. E então pesamos o béquer com a água.

3.
I. Medimos em uma proveta deplástico 50 mL de água destilada.
II. Introduzimos na proveta o corpo metálico pesado no início do experimento.

4.
I. Analisamos o bico de Bünsen e os tipos de chama obtidos de acordo com a abertura da entrada de ar.
II. Verificamos como a chama aquece o ambiente ao seu redor ou acima dela.
III. - Utilizando um fio de níquel-cromo - clip - verificamos a coloração daincandescência do mesmo.

Resultados e Discussões

1ª Parte: Determinação de massa
Número de identificação do corpo metálico: sem numeração
I. Massa do corpo metálico medida na balança semi-analítica (0,01g): 9,63 ± 0,01g
Massa do corpo metálico medida na balança analítica (0,001g): 9,63413 ± 0,0001g
Os valores obtidos são iguais ou distintos? Justifique.
R. Os valores são iguais, mas a balançaanalítica possui alta precisão e sensibilidade pesagem de massa reduzida (0,001g) diferente da medida na balança semi-analítica (0,01g).
2ª Parte: Medida do volume de líquidos
I. Temperatura da água (°C): 23°C
Densidade da água na temperatura medida: 0,99754 g/cm3
II. Massa do béquer de 200 mL: 111,25g ± 0,01g
III. Massa do béquer de 200 mL + 10,0 mL de água (pipeta): 121,25g ± 0,01gIV. Massa do béquer de 200 mL + 10,0 mL de água + 30,0 mL de água (proveta): 151,70g ± 0,01g
V. Massa do béquer de 200 mL + 10,0 mL de água (pipeta) + 30,0 mL de água (proveta) + água até completar a marca de 50 mL do béquer: 151,70g ± 0,01g
a) Volume contido na pipeta (± 0,02 mL): 10,02 ± 0,02 mL
m10mL= mbéquer+10mL (pipeta) - mbéquer= (121,25 ± 0,01g) – (111,25g ± 0,01g) = 10,02 ± 0,02gi. Cálculos dos erros relativos:
0,02/10 = 2.10-3x100 = 0,2%
ii. Cálculos do volume:
V = m/d = 10,00 / 0,99754 = 10,02 mL
iii. Cálculo do erro absoluto:
(10,02 x 0,2) / 100 = 0,02

b) Volume contido na proveta (± 0,50 mL): 30,38 ± 0,02 mL
m30mL = mbéquer + 10,0 mL de água (pipeta) + 30,0 mL de água (proveta) - mbéquer+10mL (pipeta) = (151,70g ± 0,01g) - (121,25 ± 0,01g) =30,45 ± 0,02g

i. Cálculos dos erros relativos:
0,02/30,45 = 7.10-4x100 = 0,07%
ii. Cálculos do volume:
V = m/d = 30,45 / 0,99754 = 30,38 mL
iii. Cálculo do erro absoluto:
(30,38 x 0,07) / 100 = 0,02

c) Volume contido no béquer (± 0,50): 40,55 ± 0,02 mL
m50mL = m béquer de 200 mL + 10,0 mL de água (pipeta) + 30,0 mL de água (proveta) + água até completar a marca de 50 mL...
tracking img