Medidas de vol. de líq. e deter. erros

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1035 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
MEDIDAS de VOLUMES de LÍQUIDOS e DETERMINAÇÃO DE ERROS

1. INTRODUÇÃO

Para a medida de volumes, há dois tipos de instrumentos. Graduado e Aferidos. Os aferidos medem um único volume e são em geral, mais precisos e os graduados, porém, permitem medir vários volumes.
A medida de volume de um líquido compara-se seu nível com os traços marcados do aparelho. O nível do líquido ébaseado no menisco que é a superfície curva do líquido. Os líquidos são medidos em aparelhos denominados volumétricos com aferição de determinada capacidade de volume, que são utilizados dependendo da necessidade de maior ou menor precisão.
Para realizar a leitura de volume de uma solução líquida deve-se obedecer à posição do menisco, ou seja, soluções incolores por convenção a leitura sedá pela tangente do menisco inferior e para soluções coloridas pelo menisco superior. Dessa forma determina-se com precisão a leitura de volume de qualquer que seja a solução líquida.
O objetivo do experimento é a verificação da precisão das vidrarias em relação às medidas e volumes.

2. PARTE EXPERIMENTAL

Para início do experimento organizou-se na bancada os materiais aserem utilizado, 2 béqueres de 50 mL, 1 erlenmeyer de 50 mL, 2 provetas de 100 mL, 2 pipetas volumétricas de 10 mL, 1 pipeta graduada, 5 tubos de ensaio e 1 bureta de 50 mL de capacidade.
Em seguida para a determinação de volumes e avaliação de erros de medidas, foi utilizada apenas água destilada.

1. Procedimento 1

Mediu-se 50 mL de água destilada em um béquer de 50 mL e emseguida foi transferido para o erlenmayer e logo após transferiu para a proveta de 100 mL. Observou-se o volume final em cada recipiente. Após as anotações dos volumes foram executado novamente os mesmos procedimentos e anotados os resultados (figura 1) e feito uma média dos valores que foram obtidos nas duas medições.

2. Procedimento 2

Com a pipeta volumétrica, pipetou-se 10 mLde água destilada e transferiu para a proveta de 100 mL e observou a medida obtida. O procedimento foi realizado novamente com a mesma medida de 10 mL observando o volume final e anotando os dois resultados (figura 2) e foi realizado o cálculo da média dos valores das duas medições.

3. Procedimento 3

Com a pipeta graduada, pipetou-se água destilada e transferiu as medidas desejadaspara os tubos de ensaio (figura 3). Esse procedimento teve como objetivo de, somente aprimorar a utilização dos equipamentos e observar a precisão dos volumes.

2.4 Procedimento 4

Encheu-se a bureta com 50 mL de água destilada, ao conferir corretamente o menisco na medida certa transferiu o líquido para uma proveta de 100 mL (figura 4). O processo foi realizado novamente e anotado osresultados.

3. RESULTADOS E DISCUSSÃO

Procedimento 1

Após a realização do procedimento por 2 vezes, anotou-se os seguintes resultados de acordo com a tabela abaixo:
|Leituras (mL) |Béquer |Erlenmeyer |Proveta |
|1 |50 mL|49 mL |48,5 mL |
|2 |50 mL |49 mL |49 mL |
|Valor médio |50 mL |49 mL |48,75 mL |

Figura 1. Tabela demedidas de volumes de líquidos do béquer, erlenmeyer e proveta.
Béquer: (50 ± 0) mL, Erlenmeyer: (50 ± 1) mL e Proveta: (50 ± 1,25) mL.

Procedimento 2

Após a realização do procedimento por 2 vezes, anotou-se os seguintes resultados de acordo com a tabela abaixo:

|Leituras (mL) |Pipeta volumétrica |Proveta...
tracking img