Medicina

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (263 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Discussão:
O estudo deste paciente se faz importante devido o trauma representar a principal causa de morbi-mortalidade nos pacientes pediátricos1, raramente ocorre oenvolvimento de apenas um sistema5. O dano pancreático é uma complicação pouco frequente do trauma abdominal fechado, ocorrendo em aproximadamente 2 a 9% dos traumas em crianças6.O trauma pancreático constitui um dos problemas mais difíceis para o cirurgião8. Deste modo, faz com que haja uma dificuldade quanto à implantação de um protocolo padrão deatendimento e manejo clínico6.
O paciente em estudo 6 anos, sexo masculino se enquadra na faixa etária e sexo mais prevalentes em lesões traumática abdominais, incluindo aslesões pancreáticas1,4,6,8. Os traumas relacionados com bicicletas ocorrem em pouco mais do que 12% dos casos1,3, mesmo não sendo a causa mais frequente foi o que motivou ahospitalização do menor.
O ideal é que toda criança politraumatizada admitida na unidade de emergência receba o suporte avançado de vida (Advanced Trauma Life Support –ATLS; ou Advanced Pediatric Life Support – APLS)5. O manejo inicial inclui avaliação e ressuscitação volêmica. Se após esse período a criança permanecer instável, com suspeitade sangramento abdominal, está indicada a laparotomia5. Se após ressuscitação volêmica ou transfusão de 2 unidades de concentrado de hemácias estabilizar, a condutaconservadora está indicada5. No entanto, esta criança requer uma investigação diagnóstica minunciosa5. Ao ser admitido na unidade de emergência, o mesmo foi submetido a umalaparotomia exploradora onde fora drenado grande quantidade de coágulos e realizado rafia do intestino, o que fica pressuposto a presença de hemoperitônio e perfuração intestinal.
tracking img