Medicina

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6808 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO

Além da medicina comum existe a medicina alternativa que é uma forma de descrever diversa praticas médicas de alopatia e das antigas praticas tradicionais. Além da diferença entre a medicina alternativa e a medicina normal, nesse trabalho veremos varias modalidades da medicina alternativa e seu conceito.

2. MEDICINA

2.1. CONCEITOS

O conceito damedicina tradicional refere-se a praticas, abordagens, conhecimento, técnicas manuais e exercícios para tratar, diagnosticar e prevenir doenças ou procurando manter o bem-estar.
A atual pratica da medicina trata-se de uma ramificação das ciências relacionadas à saúde. A medicina, em um conceito estrito, procura a saúde humana por meio de estudos, diagnósticos e tratamentos e em um conceito mais amploaliviar o sofrimento humano e manter o bem-estar.

2.2. EVOLUÇÃO
A princípio era baseada na manipulação de ervas e tratamento naturais. Aos poucos com o avanço do olhar científico e experimental foi ganhando os aspectos de ciência e técnicas que vemos hoje, com diferentes evoluções espalhadas pelo mundo. Um benefício da atual rede de comunicações é a rápida troca e difusão doconhecimento e descobertas na área da saúde.
As bases das práticas atuais advêm da cultura grega, pois a sociedade ocidental se baseia principalmente nos conhecimentos, filosofias e fundamentos teóricos que vêm a partir do principio da razão. São importantes no processo primordial do avanço da Medicina Hipócrates (que defendia os deveres de nunca prejudicar o doente; não buscar aquilo que não é possíveloferecer ao paciente; lutar contra a causa da doença; acreditar no poder de cura da natureza, agir com equilíbrio e bom senso; oferecer ao doente a necessária educação; sempre se deixar guiar pela ética); e Aristóteles que fez vários estudos de anatomia (porem dissecava animais) dos órgãos.

2.3. DADOS

Medicina Convencional vs. Medicina Alternativa

Aspectos Comuns:
- Ambas têm necessidadede apresentar resultados eficientes nos seus pacientes.
- Ambas têm como objectivo tratar doenças, embora de formas diferentes.

Aspectos Divergentes:
(Tabela anexo 1)
As vantagens da Medicina Convencional:
- Normalmente é menos dispendiosa
- Cura mais rápido
- Os seus efeitos estão cientificamente provados

As vantagens da Medicina Alternativa:
- Mais humanizada
- Usa práticasnaturais
- Advoga a dieta apropriada
- Um estilo de vida melhor
- As maneiras de conseguir a saúde mental

Apesar das divergências entre estas duas medicinais, consideramos que os médicos actualmente não deveriam excluir uma ou outra, pois ambas podem beneficiar o ser humano de diferentes maneiras, como um todo, sendo assim, o ideal será as duas complementarem-se.

2.4. INOVAÇÕES

Nosúltimos tempos várias inovações tecnológicas e avanços da Ciência possibilitaram um aumento da expectativa de vida humana. Novos medicamentos para tratamentos mais eficazes, novos equipamentos que permitem diagnósticos mais rápidos e precisos e outras inovações possibilitaram toda essa melhora na forma de diagnosticar e tratar doenças.



3. MEDICINA ALTERNATIVA

3.1. CONCEITO

Amedicina alternativa engloba os métodos e práticas utilizados em adição ou no lugar do tratamento médico convencional. O objetivo preciso da medicina alternativa é questão para debate e depende em grande parte da definição de "medicina convencional".

3.2. BENEFÍCIOS

* Não tem contra-indicação;
* São tratamentos naturais;
* É mais seguro que os outros procedimentos curativos (osprodutos utilizados são obtidos directamente da Natureza);
* Melhora uma doença específica e outros aspectos da vida pessoal (hábitos alimentares, um estilo de vida melhor);
* Integração e harmonização do organismo;
* Qualidade do tempo que o “cliente” recebe (as consultas duram entre uma hora e uma hora e meia);
* Geralmente é menos cara do que os procedimentos médicos...
tracking img