Medicina veterinaria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 27 (6638 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
dArch. Vet. Scienc. 3(1):1-8, 1998 Printed in Brazil A HISTÓRIA DA MEDICINA VETERINÁRIA NO BRASIL
CLOTILDE DE LOURDES BRANCO GERMINIANI

Professora Titular de Fisiologia do Setor de Ciências Biológicas e Coordenadora do Curso de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias da Universidade Federal do Paraná. Membro do Centro de Letras do Paraná. O ensino do Descobrimento ao final do Império Narealidade a exposição será centrada no ensino de Veterinária no Brasil. Para se abordar qualquer aspecto de ensino ou de desenvolvimento cultural no Brasil é preciso lembrar que, quando as naves de Cabral aqui aportaram, marcando o primeiro contato de nossos silvícolas com representantes de um povo civilizado, já existiam Universidades centenárias na Europa. Por outro lado, o colonizador portuguêsestava preocupado em auferir riquezas das novas terras e não manifestou interesse palpável pela melhoria das condições culturais dos nativos. Coube aos jesuítas, chegados ainda no século XVI, criar Colégios em que se fazia o ensino de humanidades e um destes Colégios jesuítas, o Colégio do Terreiro, em Salvador, formou, em 1573, os primeiros Bacharéis em Arte do Brasil. Segundo Alberto Silva, autor de"Raízes históricas da Universidade da Bahia", no longínquo 26 de janeiro de 1583, o Padre Miguel Garcia, em mensagem enviada a Roma, teria dito "graus em letras no Colégio do Terreiro parece que querem meter ressaibos de Universidade". As propostas dos loiolistas não foram atendidas mas novas solicitações foram feitas sendo que, em 1663, a Câmara Municipal da cidade de Salvador, em comum acordocom os jesuítas, encaminhava à Côrte pedido de autorização para a criação de uma Universidade, nos moldes da existente em Évora. A Côrte não referendou a solicitação e, no início do século seguinte, houve nova demanda, também, não aceita. Um pouco mais ao norte, durante a permanência, em Recife, do Príncipe Maurício de Nassau (esteve no Brasil de 1637 a 1644) foi, novamente, aventada a hipótese decriação de uma Universidade. Surgiu um esboço, correspondente a uma Universidade de pesquisa, ainda não organizada para o ensino. Na realidade faltavam candidatos a alunos em número suficiente e, apesar de estar, o representante do governo holandês, cercado por artistas e professores de diferentes áreas, seu intento não chegou a ser concretizado, em parte devido à sua curta permanência no Brasil.No final do século XVIII, os inconfidentes incluíram a criação de uma Universidade nos planos propostos para o desenvolvimento brasileiro. Entre os conjurados de Minas, havia ex-estudantes de Universidades inglesas, de Coimbra e da França. Um destes estudantes de Montpellier, teria lançado a hipótese de se criar uma Escola de Veterinária, com base no sucesso que vinham obtendo as Escolas de Lyon(1762) e de Alfort (1765), criadas por Claude Bourgelat. Chegando a Côrte portuguesa ao Brasil, nos primeiros dias de 1808, ocorreram significativas modificações passando a Colônia a ter novo status devido à presença da Côrte. Do ponto de vista de ensino, foi de suma importância a assinatura do ato de criação da Faculdade de Medicina da Bahia, em 18 de fevereiro de 1808. As aulas se iniciaram noantigo Colégio dos Jesuítas no Terreiro de Jesus, em Salvador. Neste mesmo edifício foi instalado, em 1983, o Memorial da Medicina, funcionando como Museu e fonte de referência para pesquisas de História da Medicina. A proposição expressa, na ocasião, pela Universidade Federal da Bahia, uma das mentoras do projeto foi"... reverenciar a Medicina nacional e homenagear a educação superior do Brasil,ambas ali nascidas". Logo após a criação da Escola de Cirurgia da Bahia foi dado início ao ensino médico no Rio de Janeiro (28 de abril de 1808). Em 1810, o Conde de Linhares, Ministro de Estado dos Negócios Estrangeiros da Guerra, apoiado em decreto do Rei D. João VI, criou o cargo de Veterinário, com responsabilidade de orientar e apoiar, tecnicamente, os trabalhos de Hipologia e Hipiatria no 1º...
tracking img