Medicina nuclear

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (796 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de junho de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
01.O que é Medicina Nuclear?
R: Medicina Nuclear é a especialidade médica que utiliza pequenas doses de substâncias radioativas para fins diagnósticos e terapêuticos.
02.Por que Medicina NUCLEAR?R: Se chama medicina NUCLEAR porque o raio gama é originado do NÚCLEO do átomo.
03.Quando surgiu a Medicina Nuclear? (Descreva brevemente).
R: Acredita-se que na verdade a medicina nuclear surgiucom a descoberta da radiação. Em 1937, nos Estados Unidos, foi considerado o marco inicial da união da radioatividade com a medicina. E em 1946 obteve-se o primeiro sucesso no tratamento de câncer detireóide com iodo radioativo.
04.Por que a maioria dos exames de Medicina Nuclear são chamados de Cintilografia?
R: Porque todo aparelho de medicina nuclear tem um cristal de cintilação que “lê” aradiação que está recebendo, no caso do paciente, como uma luz, e junto com um programa de computador transforma essa “luz” em imagens.
05.Quais são as áreas em que a Medicina Nuclear atua?
R:Diagnóstico in vivo (diagnósticos por imagem), in vitro (radioimuno- ensaio – laboratórios) e terapia (tratamento).
06.Como surgiu o termo “radioatividade”?
R: A “atividade do Rádio”, que pela traduçãotransformou-se em radioatividade, descreve justamente a atividade ou “agitação” que o elemento químico rádio possuía quando da sua descoberta. Depois, com outros átomos também apresentando as mesmasatividades que o rádio, a terminologia radioatividade se popularizou.
07.O que é radiofármaco? E por que esse nome?
R: Radiofármaco é a substância administrada aos pacientes que realizarão exames outratamentos em medicina nuclear. Chama-se radiofármaco porque é a junção da radiação mais o fármaco específico para cada exame.
08.Quais as aplicações terapêuticas da Medicina Nuclear?
R: Geralmentepara câncer de tireóide (iodo radioativo em doses altas), hipertireoidismo (iodo radioativo em doses mais baixas), neuroblastoma (metaiodobenzilguanidina-131 – MIBG-I-131) e tratamento da dor óssea...
tracking img