Mediação conflitos

Páginas: 7 (1729 palavras) Publicado: 7 de janeiro de 2011
MEDIAÇÃO ESCOLAR — UMA MUDANÇA DE PARADIGMA
Pedro Morais Martins, Mediador de Conflitos e Vice-Presidente do IMAP - Instituto de Mediação e Arbitragem de Portugal Nos últimos anos temos assistido a um crescimento da Mediação de Conflitos em Portugal, tendo-se esta vindo a afirmar como uma resposta ao aumento da litigiosidade social, que permite uma maior satisfação das pessoas, ao verematendidas as suas necessidades de forma mais célere. Com a introdução da Mediação de Conflitos em Portugal, começou-se também a falar da Mediação em contexto escolar. O ambiente emocional que se vive neste contexto é uma condicionante para o papel que todos os intervenientes devem desempenhar. A direcção da escola, os docentes, o pessoal auxiliar e administrativo, os estudantes e os pais não podemalhear-se da construção do ambiente escolar nas suas diversas responsabilidades. Um programa de Mediação Escolar implica que todos os elementos da comunidade educativa possam intervir de modo a serem ouvidos, numa mudança de cultura e de hábitos de resolução de conflitos. Esta nova forma de lidar com o conflito é necessária às diversas componentes da nossa vida, pois ele é inerente às relações entrepessoas e entre grupos. Infelizmente, as crianças, os jovens e os adultos não possuem as ferramentas necessárias para resolver os conflitos da forma mais benéfica para todos. A escola tem a obrigação e a responsabilidade de formar os estudantes para a vida em sociedade, propondo uma concepção democrática do funcionamento escolar, através da participação de todos os intervenientes, procurando queanalisem as suas condutas e que estas possam ter influência na conduta dos outros. Procura-se a descoberta de habilidades individuais e em grupo, para uma resolução pacífica e criativa dos conflitos. Atente-se, por exemplo, nas palavras do antigo secretário-geral da UNESCO, Federico Mayor Zaragoza, quando diz: “Temos de

desarmar a história. Ensinamos aos nossos filhos a história do poder. Não dosaber.

A da guerra, não a da cultura. História repleta de acontecimentos bélicos, com o ruído das armas como única banda sonora. Temos, pois, de mudar. Sim, temos de aprender a pagar o preço da paz, como tivemos que pagar o preço da guerra. É necessário estabelecer novas prioridades.” Pequena resenha histórica da resolução de conflitos em contexto escolar
É uma história relativamente curta. Oseu início não tem mais de três décadas e tem sofrido um crescimento notável nos últimos anos. Os programas de resolução de conflitos tiveram origem fora do contexto escolar. Na década de 1970, nos Estados Unidos da América, a administração do presidente Jimmy Cárter impulsionou a criação de centros de Mediação Comunitária. O objectivo destes centros era oferecer uma alternativa aos tribunais,permitindo aos cidadãos reunir-se e procurarem uma solução para a questão que ali os levava. Estes programas, que tiveram enorme êxito, estenderam-se a todos os Estados Unidos e, um pouco mais tarde, a todo o mundo. Foi no início da década de 1980 que alguns programas de Mediação Comunitária procuraram abarcar também a escola, ensinando os estudantes a mediar conflitos com os colegas. Para Cohen, atransferência da resolução do conflito da comunidade para a escola partiu de quatro pressupostos: 1. O conflito é parte integrante da vida social e pode constituir uma oportunidade de aprendizagem e de crescimento pessoal para os participantes da vida escolar. 2. Já que o conflito é inevitável e inerente aos relacionamentos, a aprendizagem das habilidades para lidar com ele é tão inevitável como oestudo de outras disciplinas. 3. Os intervenientes na comunidade escolar podem, na maioria dos casos, resolver os seus conflitos com a ajuda de outros intervenientes. 4. Constitui uma forma de prevenir futuros conflitos, pois apela a um espírito de colaboração e não a uma cultura de imposição.

Em Portugal, têm surgido algumas experiências em Mediação Escolar, que terão sido iniciadas no final...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Mediação de Conflitos
  • Mediação de conflitos
  • Mediação de Conflitos
  • mediação de conflito
  • mediação de conflito
  • mediação de conflitos
  • Mediação de conflitos
  • MEDIAÇÃO DE CONFLITOS

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!