Mecanica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3124 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Os ensaios destrutivos promovem a ruptura ou a inutilização do material. Os ensaios chamados não-destrutivos consistem em testar um dado material (peça metálica) sem a necessidade de destruí-la, objetivando determinar seus limites operacionais máximos e verificar se é necessária a sua substituição ou aceitável utilização por mais um dado período. Este ensaio procura medir a deformação plástica,deformação elástica e a ruptura existente em uma dada peça, detectando falhas internas da mesma. Na categoria dos ensaios destrutivos, estão classificados os ensaios de tração, dobramento, flexão, torção, fadiga, impacto, compressão e outros. O ensaio de dureza, que, embora possa, em certos casos, não inutilizar a peça ensaiada, também está incluído nessa categoria. Dentre os ensaiosnãodestrutivos, estão os ensaios com raios X, ultra-som, Magnaflux, elétricos e outros.
Noções Sobre Normas Técnicas
A expressão “norma técnica” é utilizada de modo genérico e inclui especificações de materiais, métodos de ensaio e de análise, normas de cálculo e segurança, terminologia técnica de materiais, de componentes, de processos de fabricação, simbologias para representação em fórmulas e desenhos,padronizações dimensionais, etc.
Quando se trata da realização de ensaios mecânicos, o que mais se utiliza são as normas referentes à especificação de materiais e ao método de ensaio.
Um método descreve o correto procedimento para se efetuar um determinado ensaio mecânico. Desse modo, seguindo-se sempre o mesmo método, os resultados obtidos para um mesmo material são semelhantes e reprodutíveisonde quer que o ensaio seja executado. O método de ensaio fornece ainda os requisitos exigidos para o equipamento que vai ser usado, além do tamanho e forma dos corpos de prova a serem ensaiados. O método de ensaio define também os conceitos importantes relacionados ao ensaio em questão e menciona como os resultados devem ser fornecidos em um relatório final. Para um mesmo ensaio, não hádiferenças significativas entre os métodos das várias associações mundiais de normas técnicas, Todos eles procuram dar a mesma técnica de realização do ensaio.
As normas técnicas mais utilizadas pelos laboratórios de ensaios pertencem às seguintes associações: ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), ASTM (American Society for Testing and Materials), DIN (Deutsches Institui für Normung), AFNOR(Association Fran-çaise de Normalisation), BSI (British Standards Institution), ASME (American Society of Mechanical Engineers), ISO (International Organization for Standardization), JIS (Japanese Industrial Standards), SAE (Society of Automotive Engineers), COPANT (Comissão Panamericana de Normas Técnicas), além de diversas normas particulares de indústrias ou companhias governamentais.
Unidades -Sistema Internacional (SI)
De acordo com o Decreto n.° 81.621, de 03 de maio de 1978, ficou estabelecido o uso, em todo o território brasileiro, do Sistema Internacional de Unidades, que compreende sete unidades de base: metro (m), quilograma (kg), segundo (s), ampère.(Á), kelvin (K), mol (mol) e candeia (cd), além de duas unidades suplementares: radiano (rd) e esterradiano (sr), estas últimaspara ângulos plano e sólido, respectivamente. As demais unidades usadas são derivadas dessas mencionadas,
As unidades derivadas mais comumente usadas em ensaios mecânicos são as seguintes: área (mm2 ou cm2, submúltiplos do m2); força (newton, N); pressão (N/mm2); tensão (pascal, Pa, ou o múltiplo mega pascal, MPa); energia (joule, J); todas elas dentro do SI. Além dessas, emprega-se também aunidade de pressão bar (bar), em vigor apenas temporariamente, porém uma unidade muito cômoda para o caso de ensaio de pressão interna. A unidade quilograma-força (kgf) ainda é empregada, pois seu uso ainda é muito grande no Brasil, e também porque a grande maioria das máquinas disponíveis ainda possui suas escalas nesta unidade. O mesmo se pode dizer quanto às unidades quilogrâmetro, kgf • m,...
tracking img