Mecanica geral

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2839 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ANHANGUERA EDUCACIONAL LTDA
ENGENHARIA (Fase III)

Disciplina “Mecânica Geral”


“ATPS Mecânica Geral”

Prof. Carlos Alberto Fritzke
Joinville
Junho / 2012
SUMÁRIO:
01 - Introdução-------------------------------------------------------------------------------------------03
02 - Etapa 01----------------------------------------------------------------------------------------------0403 - Etapa 02----------------------------------------------------------------------------------------------05
04 - Etapa 03----------------------------------------------------------------------------------------------09
05 - Etapa 04----------------------------------------------------------------------------------------------12
06 - Relatório 4: Momento de Inércia (Discussão)-----------------------------------15, 16, 17, 18
07 - Conclusão--------------------------------------------------------------------------------------------19
08 - Bibliografia------------------------------------------------------------------------------------------20

01 - INTRODUÇÃO
Em física, o momento (ou simplesmente momento físico, embora existam outras grandezas com esse nome tais como o momento deinércia), é uma grandeza que representa a magnitude da força aplicada a um sistema rotacional a uma determinada distância de um eixo de rotação. O conceito do braço de momento, esta distância característica, é a chave para a operação da alavanca, roldana, engrenagens, e muitas outras máquinas simples capazes de gerar ganho mecânico. A unidade SI para o momento é newton vezes metro (Nm).
Momento =magnitude da força x distância perpendicular ao pivô (f x d)
O centro de gravidade ou baricentro de um corpo é o ponto onde pode ser considerada a aplicação da força de gravidade de todo o corpo formado por um conjunto de partículas. Essas partículas são atraídas para o Centro da Terra, cada qual com sua força-peso. Centro de gravidade, portanto, é o ponto onde pode-se equilibrar todas essas forças deatração.
A palavra "baricentro" é de origem grega (bari = peso) e designa o centro dos pesos. Arquimedes foi o primeiro a estudar o baricentro de dois pontos de massa. No caso da força de gravidade resultar de um campo gravítico uniforme, o centro de gravidade é coincidente com o centro de massa. Esta é a aproximação natural no estudo da física de objetos de pequenas dimensões sujeitos ao campogravítico terrestre.
De uma forma geral, quando não é possível a aproximação a campos gravíticos uniformes, a determinação da força de gravidade total e do seu ponto de aplicação ficam dependentes da posição e orientação do corpo. É portanto incorrecto considerar o centro de gravidade como uma característica específica de um corpo rígido (duro). Por exemplo um anel, que possui seu centro degravidade fora de seu corpo, em seu centro.

02 - ETAPA 1:
Passo 1)
Entender que o momento de uma força em relação ao eixo fornece a tendência da força em provocar rotação em torno desse eixo.

Passo 2)



Calcular as forças F1 e F2.

∑Fx= F2 cos70º + F1 cos45º- 7.(4/5) - 5 cos 30º = 0
F2 . 0,342 + F1 . 0,707 - 5,6 - 4,330 = 0
F1 = -F2 . 0,342 + 5,6 + 4,3300,707

∑Fy= 5 sen30º + F2 sen70º - F1 sen45º - 7.(3/5) = 0
5 sen30º + F2 sen70º - sen45º -F2 . 0,342 + 5,6 + 4,330 - 4,2 = 0
0,707
2,5 + F2 . 0,940 + F2 .0,342 - 5,6 - 4,330 - 4,2 = 0
F2 = 14,13 - 2,5 = 11,63
1,282 1,282
-------------------------------------------------
F2 = 9,07 kN.
Agora vamos calcular F1:
F1 = -F2 . 0,342 + 5,6 + 4,3300,707

F1 = (-9,07). 0,342 + 5,6 + 4,330 = 6,83 kN.
0,707
-------------------------------------------------
F1 = 6,83 kN.

PASSO 3 )

Calcular o momento gerado pelas forças F1, F2 e F3 sobre a viga.


Mr = ∑F*D
F1 * D + F2 (4/5)*D + (F3* SEN 30 * D – F3 * COS 30 * D)
(-375 * 8) + [500 *(4/5) * (8+6)] + [(160 * SEN 30 0,5 )...
tracking img