Mayara

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5053 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013

NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR005923/2012
26/12/2012
DATA DE REGISTRO NO MTE:
MR077392/2012
NÚMERO DA SOLICITAÇÃO:
46293.002437/2012-82
NÚMERO DO PROCESSO:
18/12/2012
DATA DO PROTOCOLO:

SINDICATO DOS EMPREGADOS NO COMERCIO DE LONDRINA, CNPJ n.
78.637.824/0001-64, neste ato representado(a) por seu Presidente, Sr(a). JOSE LIMA
DO NASCIMENTO;E
SINDICATO DO COMERCIO VAREJISTA DE LONDRINA, CNPJ n.
75.220.954/0001-09, neste ato representado(a) por seu Presidente, Sr(a). YUKIO
AGITA;
celebram a presente CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO, estipulando as
condições de trabalho previstas nas cláusulas seguintes:
CLÁUSULA PRIMEIRA - VIGÊNCIA E DATA-BASE
As partes fixam a vigência da presente Convenção Coletiva de Trabalho no período de
1ºde maio de 2012 a 30 de abril de 2013 e a data-base da categoria em 1º de maio .
CLÁUSULA SEGUNDA - ABRANGÊNCIA
A presente Convenção Coletiva de Trabalho abrangerá a(s) categoria(s) de todos os
contratos de trabalho firmado entre as empresas representadas pela entidade
sindical da categoria econômica e os empregados pertencentes à categoria
profissional, em toda base territorial dosSindicatos convenentes. Aos mercados,
supermercados e hipermercados, não se aplica a presente Convenção, pois foi
firmada Convenção Coletiva específica, com abrangência territorial em Alvorada do
Sul/PR, Arapongas/PR, Bela Vista do Paraíso/PR, Cafeara/PR, Cambé/PR,
Centenário do Sul/PR, Florestópolis/PR, Ibiporã/PR, Itaguaj é/PR, Jaguapitã/PR,
Londrina/PR, Miraselva/PR, Nossa Senhora das Graças/PR,Porecatu/PR,
Primeiro de Maio/PR, Rolândia/PR, Sabáudia/PR, Santa Inês/PR, Santo
Inácio/PR e Sertanópolis/PR.

Salários, Reajustes e Pagamento
Piso Salarial
CLÁUSULA TERCEIRA - PISO SALARIAL MINIMO DE INGRESSO
Fica assegurado aos integrantes da categoria piso salarial mínimo de ingresso:
a) Ao empregado que trabalha como pacoteiro, fica assegurado o piso inicial de
R$640,00 (seiscentos equarenta reais).
a.1) Após 90 (noventa) dias de serviço na empresa, o valor de R$728,00 (setecentos e

vinte oito reais).
b) Aos empregados que trabalham nas demais funções, fica assegurado o piso salarial
de ingresso R$640,00 (seiscentos e quarenta reais).
b.1) Após 30 (trinta) dias o piso sala rial será de R$698,00 (seiscentos e noventa e oito
reais).
b.2) Após 90 (noventa) dias deserviço na empresa, fica assegurado o valor de
R$823,00 (oitocentos e vinte três reais).
c) As diferenças salariais decorrentes destes reajustes, incidentes nos salários pagos
de 01/05/2012 a 30/11/2012, deverão ser pagas juntamente com os salários já
corrigidos correspondentes a dezembro de 2012, até o 5º dia útil do mês de janeiro
de 2013.
d) O pagamento das diferenças salariais aos empregados,cujo contrato de traba lho já
se encontra rescindido, deverá ser realizado em uma única parcela até o 5º (quinto)
dia útil do mês de janeiro de 2013.

Reajustes/Correções Salariais

CLÁUSULA QUARTA - REAJUSTE SALARIAL

Todos os empregados integrantes das categorias abrangidas por esta Convenção
Coletiva, que percebem salário superior ao piso salarial, terão os salários fixos, ou
partefixa dos salários mistos, reajustados a partir de 1º (primeiro) de maio de 2012,
mediante a aplicação do percentual de 8 % (oito por cento) sobre os salários vigentes
em 1º (primeiro) de maio de 2011.
04.1 - Aos empregados que percebam salário superior ao piso e que foram admitidos
após 1º (primeiro) de maio de 2011, será garantido o reajus te estabelecido nesta
cláusula, proporcional ao tempode serviço nos seguintes termos:
MÊS

ANO

TOTAL

MAIO

2011

8.00%

JUNHO

2011

7.02%

JULHO

2011

6.66%

AGOSTO

2011

6.66%

SETEMBRO

2011

5.94%

OUTUBRO

2011

5.18%

NOVEMBRO

2011

4.64%

DEZEMBRO

2011

3.69%

JANEIRO

2012

2.84%

FEVEREIRO

2012

1.99%

MARÇO

2012

1.35%

ABRIL

2012

1.05%

Outras...
tracking img