Max weber

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 52 (12786 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução


É muito comum encontrarmos na net resumos e resenhas da obra "A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo", de Max Weber, mas tentativas de explicações do porque da metodologia utilizada na obra, a partir da visão da teoria weberiana, não é tão comum. Hoje busquei encontrar algo nessa direção mas não encontrei nada na net, então, me imputei a função de iniciaraqui uma discussão nesse sentido. Peço que, os que dominam esse tema ou que já tenham lido a referida obra me ajudem (nos comentários) nessa empreitada.

Weber ao se debruçar sobre o objeto de estudo (a ética protestante) buscou compreender como essa ética propiciou condições para que o capitalismo (o seu espírito) viesse a se desenvolver em países protestantes. Essa foi a maior “sacada” deWeber!
Ao ler as os resumos e resenhas encontradas na Net parece que ao invés de ler a obra (mergulhar no pensamento de Weber) ficaram buscando, ou catando, as características dos grupos religiosos contidos no livro. Parece que Weber, erradamente de acordo com essas resenhas e resumos que vagam pela net, estava fazendo um trabalho de história das seitas protestantes, quando na verdade ele recorreu atais seitas para buscar identificar quais as possíveis características que levaram seus seguidores a desenvolver uma conduta propícia ao desenvolvimento econômico (esse é o ponto principal da obra).


|
Livro: A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo |



Lembramos que Weber tinha como objeto de estudo a “Ação Social” – Ação Social é qualquer ação que o indivíduo fazorientando-se pela ação de outros. Vejamos o exemplo do eleitor: ele define seu voto orientando-se pela ação dos demais eleitores. Ou seja, temos a ação de um indivíduo, mas essa ação só é compreensível se percebemos que a escolha feita por ele tem como referência o conjunto dos demais eleitores. Weber dirá que toda vez que se estabelecer uma relação significativa, isto é, algum tipo de sentido entrevárias ações sociais, tem-se, então, relações sociais. Só existe ação social quando o indivíduo tenta estabelecer algum tipo de comunicação, a partir de suas ações, com os demais.
Ao estudar a Ética Protestante ele buscava identificar os sentidos (porquês) das ações dos protestantes e de que forma isso os levavam a trabalhar mais, a não se aparentar vagabundos ou ociosos, e conseqüentemente adesenvolver-se economicamente – era a ação social dos protestantes que, segundo ele, deu condições para que países protestantes fossem mais desenvolvidos.

Weber definia as ações sociais, como:
* Ação social tradicional;
* Ação social afetiva;
* Ação social racional movida por fins;
* Ação social movidas por valores.
 No caso da obra em questão, ele buscou analisar as açõessociais racionais movidas por fins e valores (ou seja, quais os sentidos das ações [a ética] dos protestantes? Quais os valores que os conduziam a tais ações? Quais eram as finalidades de tais ações? Acredito que partindo da primícia da racionalidade dotada de sentido teremos uma compreensão maior da obra de Weber.















Max Weber
Quem foi Max Weber, nomecompleto, nascimento e morte, realizações, Sociologia, Economia e Frases

Max Weber: um dos pais da sociologia moderna

Nome Completo 
Maximilian Carl Emil Weber
Quem foi
Max Weber foi um importante sociólogo, jurista, historiador e economista alemão. Weber é considerado um dos fundadores do estudo sociológico moderno. Seus estudos mais importantes estão nas áreas da sociologia da religião,sociologia política, administração pública (governo) e economia.
Nascimento
Max Weber nasceu na cidade de Erfurt (Alemanha) em 21 de abril de 1864..
Morte
Max Weber morreu na cidade de Munique (Alemanha) em 14 de junho de 1920.
Principais realizações
- Estudos nos campos da economia, sociologia política, religião e administração pública.
- Prestou consultoria aos negociadores da Alemanha no...
tracking img