Max karl ernet ludwig planck

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1992 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

A pesquisa a seguir relata a vida de Max Karl Ernest Ludwig Planck, considerado o pai da física quântica e um dos físicos mais importantes do século XX, ganhador do Nobel de Física em 1918 pelo desenvolvimento da física e descoberta do quantum de energia.
Sua família tinha tradição no ensino: o pai lecionava Direito, avô e bisavô haviam sido teólogos. Max logo demonstrou talentosdiversos, tanto para a música como para as línguas antigas, a matemática e a física.
No final do século XVIII, uma das dificuldades da física consistia na interpretação das leis que governam a emissão de radiação por parte dos corpos negros. Tais corpos são dotados de alto coeficiente de absorção de radiações; por isso, parecem negros para a vista humana.
Em 1899, descobriuuma nova constante fundamental, chamada posteriormente em sua homenagem “Constante de Planck”, e que é usada, por exemplo, para calcular a energia do fóton. Um ano depois, descobriu a lei da radiação térmica, chamada Lei de Planck da Radiação. Essa foi a base da teoria quântica, que surgiu dez anos depois com a colaboração de Albert Einstein e Niels Bohr.



MAX KARL ERNST LUDWIGPLANCK

Por volta de 1942 Max Planck era um homem atormentado. Fazia 40 anos que suas descobertas científicas haviam aberto à física novos horizontes, permitindo um progresso vertiginoso na compreensão dos fenômenos subatômicos: agora, cientistas alemães, utilizando suas descobertas, propunham-se a construir o mais temível engenho bélico de todos os tempos: a bomba atômica.
A Alemanha, porém,não conseguiu levá-la a termo. Isso foi feito pela América do Norte, que três anos mais tarde explodia o artefato sobre Hiroxima e Nagasáqui. E Max Planck viveu o bastante para testemunhar o triste acontecimento.
Uma das grandes conquistas do início do século XIX foi a "redescoberta" da descontinuidade da matéria. Esta mostrava-se composta de "unidades", os átomos (ou as moléculas), entre os quaishavia o vácuo. Coube a Planck estender o conceito de descontinuidade também à energia. Planck postulou que as trocas de energia entre átomos, ou, mais geralmente, entre corpos, não eram quantidades quaisquer. Parecia existir, para a energia, uma estrutura granular, pois as trocas faziam-se envolvendo quantidades bem determinadas.
Isso foi a descoberta do caminho para o interior do átomo, para oconhecimento de sua estrutura e para a elucidação de fenômenos até então inexplicados; implicava também a existência, nele, de propriedades ainda não percebidas. Contudo, a idéia de descontinuidade da energia mostrava-se inverossímil; parecia excessivamente transcendente, completamente desligada da intuição. O próprio criador da idéia mantinha-se céptico a respeito. Definiu-a à perfeição, delaextraindo todas as conseqüências possíveis. Mas, apesar de constituir uma hipótese promissora, Planck sempre a considerou apenas como tal: uma simples hipótese, capaz de explicar parte da verdade, mas que posteriormente seria substituída por outra. Planck seguia fielmente o princípio de Leibniz, segundo o qual "Natura non facit saltum" - a natureza não dá salto. Na época da formulação da hipótese dadescontinuidade da energia, o cientista não sabia ainda ter penetrado em uma das mais importantes características do universo físico. Sua concepção seria mais tarde confirmada por estudos profundos sobre os átomos e seus núcleos.
Max Planck nasceu em Kiel, a 23 de abril de 1858, descendendo de uma família de teólogos e juristas. Com nove anos de idade seguiu com seu pai, professor de direito, paraMunique. Enquanto rapaz, suas preferências dividiam-se entre a arte e a ciência. No colégio, sua habilidade com a matemática era tal que, quando o professor dessa cadeira não comparecia, ele era chamado a substituí-lo. E, dentro da arte, o seu maior entusiasmo era pela música, à qual se dedicou com grande paixão. Foi regente da orquestra da Universidade de Munique e também de alguns coros...
tracking img