Materno

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1201 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
Os distúrbios hipertensivos são as complicações médicas de maior relevância durante o período gravídicopuerperal. O termo "hipertensão na gravidez" é usualmente utilizado para descrever desde pacientes com discreta elevação dos níveis pressóricos, até hipertensão grave com disfunção de vários órgãos. As manifestações clínicas, embora possam ser similares, podem ser decorrentes decausas diferentes.
Na identificação das formas de manifestação da hipertensão arterial na gravidez é fundamental diferenciar a hipertensão que antecede a gravidez daquela que é condição específica da mesma. Na primeira, a elevação da pressão arterial é o aspecto fisiopatológico básico da doença, a segunda é resultado da má adaptação do organismo materno à gravidez, sendo a hipertensão apenas um deseus achados. O impacto dessas duas condições, sobre mãe e feto, é bem diferente, assim como seu controle.
A Doença Hipertensiva Específica da Gestação (DHEG) é o distúrbio mais comum na gestação. O diagnóstico da DHEG se faz por volta da 24ª (vigésima quarta) semana de gestação.
Esta patologia caracteriza-se por hipertensão acompanhada de proteinúria e/ou edema, sendo estes chamados de tríade daDHEG 7,18.
Classifica-se a DHEG em duas formas
básicas: pré-eclâmpsia (forma não convulsiva marcado pelo início da hipertensão aguda após a vigésima semana de gestação) e eclâmpsia, que é um distúrbio hipertensivo gestacional que se caracteriza pelos episódios convulsivos conseqüentes a efeitos cerebrais profundos da pré-
eclâmpsia.
A eclâmpsia é responsável por uma parcela significativa doscasos de mortalidade materna e perinatal sendo freqüentemente associada à complicações de órgãos vitais como SNC, o fígado e os rins. Apesar de submetida à extensiva investigação nos últimos anos, a fisiopatologia da eclâmpsia continua matéria puramente especulativa, sendo sua etiologia desconhecida.
As complicações da DHEG afetam muitos sistemas orgânicos, como os sistemas cardiovasculares,renal, hematológico, neurológico, hepático e uteroplacentário; tais como:
descolamento da placenta, prematuridade, retardo do crescimento intra-uterino, morte materno-fetal, oligúria, crise hipertensiva, edema pulmonar, edema cerebral, trombocitopenia, hemorragia, acidente vascular cerebral, cegueira, intolerância fetal ao trabalho de parto e a Síndrome de HELLP.
A Síndrome de HELLP é uma gravecomplicação da gestação caracterizada por: (H) hemólise, (EL) enzimas hepáticas elevadas e (LP) baixa contagem de plaquetas. Algumas gestantes desenvolvem somente uma ou duas dessas características da síndrome de HELLP.
Esse quadro é denominado de SH parcial.
As manifestações clínicas podem ser imprecisas, sendo comuns queixas como: dor epigástrica, mal estar geral, náuseas, vômitos, cefaléia, dorna parte superior do abdômen,
e até sintomas semelhantes a uma síndrome viral inespecífica.
Dado que a maioria desses sintomas é comum em gestações normais e se assemelha aos sintomas de outras doenças, a SH é difícil de diagnosticar. O diagnostico
precoce é, iminentemente, laboratorial e deve ser pesquisado de maneira sistemática nas mulheres com pré-eclâmpsia/eclâmpsia e/ou dor no quadrantesuperior direito do abdomem.
Embora a causa da HELLP ainda não seja completamente entendida, a síndrome pode levar à insuficiência cardíaca e pulmonar, hemorragia interna, hematoma hepático, insuficiência renal aguda, acidente vascular cerebral, eclâmpsia e outras complicações graves que podem levar à morte materna. Ela também pode levar a placenta a se descolar prematuramente da parede uterina, oque pode resultar em morte fetal. Outras complicações sérias para o feto incluem crescimento uterino restrito e síndrome da angústia respiratória. Aproximadamente 2% das mulheres com a síndrome de HELLP e 8% dos bebês morrem em decorrência da síndrome.
MATERIAIS E MÉTODOS
Este é um trabalho de levantamento de dados de prontuários, onde se propõe avaliar todas as pacientes gestantes e...
tracking img