material concreto

Páginas: 7 (1746 palavras) Publicado: 9 de março de 2014
ANA LAURA MAIA











MATEMÁTICA INCLUSIVA: MATEMÁTICA E SURDEZ SUPERANDO BARREIRAS E FACILITANDO O APRENDIZADO











IGARAPÉ-MIRI/2012




























INTRODUÇÃO



O conhecimento matemático é apresentado em diversos livros didáticos de forma bastante isolada, sendo tratado como um conhecimento à parte, sem qualquerrelação com outras áreas da ciência. D’Ambrosio (2007, P.31) afirma que, “Do ponto de vista de motivação contextualizada, a matemática que se ensina hoje nas escolas é morta, e poderia ser tratada como um fato histórico”.

O professor precisa se desprender do comodismo dos livros didáticos e partir em busca de metodologias diferenciadas de ensino. Segundo D’Ambrosio (2007) “É importante aadoção de uma nova postura educacional, a busca de um novo paradigma de educação que substitua o já desgastado ensino aprendizagem. É necessário que ele se empenhe no mundo que cerca os alunos, na sua realidade aproveitando cada oportunidade a fim de sugerir atividades para que o desenvolvimento do ensino aprendizado da matemática seja efetivo e prazeroso, e que no final de cada aula o educador tenhaaplicado a matéria com qualidade e que tenha conseguido ensinar ao aluno de forma clara.”
A proposta bilíngue de educação de surdos, que surge no final da década de 1970, traz como primeira língua, a Língua de Sinais para o surdo brasileiro e a língua portuguesa como segunda língua. Chegamos então às políticas e discursos atuais que defendem o bilinguismo, com respaldo na lei 10.098/00 deacessibilidade, a lei 10.436/02 regulamentados pelo decreto 5626/05, que oficializa a língua brasileira de sinais, sugere a formação de intérpretes de Libras (Língua de Sinais brasileira), e a inserção da Libras como disciplina obrigatória nos cursos de formação de professores e fonoaudiólogos. A realidade da inclusão escolar do surdo na educação brasileira, ainda não deu conta dedesenvolver a proposta bilíngue, parece não comportar o bilinguismo como dispõe na legislação, muitas vezes apenas o intérprete exerce a efetiva comunicação com o surdo; mas a língua de sinais é fator que qualifica e fortalece as características da surdez e a cultura surda.
A MATEMÁTICA E A EDUCAÇÃO INCLUSIVA

A comunicação é o ponto de partida para auxiliar noprocesso do conhecimento matemático. Existe a necessidade da interação que promove inicialmente o contato entre as culturas para que se possa estabelecer a relação professor aluno e inserir o saber matemático. O ensino da matemática para alunos surdos pelo viés da educação inclusiva é uma forma de revelar a maturidade que a educação vem conquistando. É preciso considerar arelevância desta abordagem para a realidade brasileira no que se refere a outras disciplinas.
Muitos questionamentos estão sendo feitos quanto a inclusão de surdos em escolas comuns no Brasil, principalmente no que condiz às series iniciais. Por isso o professor deve buscar novas metodologias e os recursos didáticos adequados para promover o processo ensino e aprendizagem parao aluno surdo. Portanto, pra que o aprendizado se realize em uma classe de surdos o educador deve estar apoiado em um tripé educacional. Devem estar presentes: a língua de sinais, o conhecimento matemático e uma metodologia apropriada.

Como ensinar matemática para surdos sem saber os sinais específicos da área? O professor deve ter o cuidado de refletir sobre a maneirade ensinar, buscando ser um facilitador um intermediador, para que o educando desenvolva suas potencialidades, sempre respeitando suas especificidades , descobrindo como ocorre o processo de aprender e, ensinar. É de fundamental importância que o aluno sinta que seu professor esta se esforçando para se aproximar dele,tentando encontrar maneiras de interagir com ele. O...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • MATERIAIS CONCRETOS
  • Material concreto
  • material concreto
  • Relatorio de materiais de concreto
  • Trabalho com material concreto na matemática
  • Materiais para Construção
  • Materiais de construção
  • Relatório Materiais II Concreto

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!