Materiais organicos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3852 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
. A HP trocou os protetores internos das embalagens das impressoras, que passaram a ser de Papel ao invés de Isopor (Derivado de petróleo de difícil reciclagem). O desenvolvimento desse processo durou dois anos e trouxe uma economia de 10%. Essa economia é considerável? Quais os ganhos reais da HP ao mudar esses protetores?http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/desenvolvimento/conteudo_242724.shtml

A operação brasileira da HP, uma das maiores fabricantes de impressoras do mundo, consome mensalmente 1 tonelada de papel. Esse volume gigantesco, usado principalmente para realizar testes nas cerca de 10 000 impressoras fabricadas no Brasil todos os meses, durante alguns anos teve como destino a reciclagem. "Já dávamos um fim adequado ao resíduo, mas achávamos que era possívelir além", diz o iraniano Kami Saidi, diretor de operações da HP para o Mercosul. Em 2006, depois de dois anos de estudos que envolveram quase uma dezena de profissionais entre engenheiros da empresa, fornecedores e pesquisadores de universidades e centros de pesquisa , a HP colocou em prática uma nova solução para toda aquela montanha de papel usado.
A saída encontrada foi utilizar a papeladapara fabricar protetores internos para as embalagens das impressoras. Com isso, a HP não só reduziu drasticamente o uso do isopor, material derivado do petróleo e de difícil reciclagem, como obteve economia de 10% no custo de embalagem, transporte e armazenamento do produto. "Como os calços de isopor não podiam ser encaixados uns nos outros, acabavam ocupando um espaço valioso nos caminhões e nalinha de produção de nossas montadoras", diz Saidi.

2. Os protetores de isopor não se encaixavam uns nos outros e tomavam um espaço muito grande nos caminhões e na linha de produção. Além disso, até agora, os protetores de papel não podem substituir os de isopor em embalagens de impressoras acima de 80 quilos. A empresa deve continuar suas pesquisas para substituir todos os protetores de isopor?Que benefícios isso trará á mesma?

http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/desenvolvimento/conteudo_242724.shtml
Os críticos do conceito da ecoeficiência defendem que as empresas terão de promover mudanças mais radicais se quiserem, de fato, prosperar sem provocar danos ao meio ambiente
Todo o trabalho de desenvolvimento do novo uso do papel foi acompanhado por funcionários dos doiscentros de design que a multinacional mantém nos Estados Unidos, e hoje a solução brasileira começa a ser replicada em outros países. O maior desafio agora é conseguir utilizar os protetores de papel nas embalagens de impressoras de grande porte, que armazenam equipamentos que podem pesar mais de 80 quilos. "Só encerraremos os testes quando pudermos usar esses protetores em toda a nossa linha", dizSaidi.
O avanço promovido pela HP não é exatamente uma revolução e também é verdade que ele tem pouquíssimo charme. Mas, para alguns especialistas, esse tipo de iniciativa será fundamental para a sobrevivência e a imagem das grandes empresas. Conseguir crescer, lucrar e, ao mesmo tempo, fechar ciclos produtivos de maneira virtuosa dependerá, em grande medida, de seguir à risca os princípios daecoeficiência um conceito que foi popularizado no início da década de 90 por Stephan Schmidheiny, bilionário suíço criador do Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável (WBCSD).

3. A HP fechou parceria com a Jaguaré Embalagens para que a mesma alugue caixas de papelão (Que seriam usadas até seis vezes) para que seus fornecedores entreguem as peças que serão utilizadas na produçãodas impressoras. Na prática funcionaria assim: A Jaguaré aluga a caixa para que o fornecedor entregue a peça para a HP. Depois que a peça é entregue, a embalagem é cuidadosamente dobrada por um funcionário da própria Jaguaré e colocada no caminhão vazio que retorna ao fornecedor. Essa prática evitará o corte de 40 mil árvores e o uso de 120 mil litros de combustível, o que implicaria na emissão...
tracking img