Materiais de atrito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (980 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MATERIAIS DE ATRITO

1- Histórico: antigamente materiais como madeira, couro e feltro foram usados como
materiais de fricção. Embora o coeficiente de atrito fosse satisfatório para as primeirasaplicações em baixa velocidade, estes materiais tornaram-se inadequados para cobrir a
faixa de temperatura que ia aumentando. Além disso, embora o couro e a madeira
fossem suaves e silenciosos emação, suas superfícies tornavam-se frequentemente
carbonizadas, provocando uma perda quase completa do coeficiente de atrito.
Antes de 1925 os automóveis usavam freio de contração externa montadossomente no
eixo traseiro, pois eles poderiam influir na dirigibilidade.
Esta configuração de freio expunha o material de fricção ao tempo, lama, água, e areia o
que prejudicava bastante a sua ação.
Apartir de 1927 passaram a ser utilizados os freios com sapatas internas e a partir desta
época verificou-se um acentuado desenvolvimento dos materiais de atrito, junto com a
industria automobilísticaem geral.
A necessidade de um material de atrito que conferisse ao material de fricção boa
resistência mecânica e que suportasse altas temperaturas levou ao uso do amianto.
O amianto possuicaracterísticas que não são encontradas em outras fibras como,
resistência mecânica, baixo custo, estabilidade de atrito e facilidade de processamento
com equipamentos convencionais de fabricação, mas temcomo grande desvantagem o
fato de ser altamente cancerígeno, fato que levou-o a ser proibido a sua utilização em
diversos produtos, entre eles os materiais de atrito para freios.
Atualmente sãoutilizados compostos a base de kevlar, fibra de carbono, etc. os quais
conseguiram substituir as características do amianto.
2- Coeficiente de Atrito: O princípio da inércia, uma das leis fundamentaisda mecânica
pode ser enunciado como “ todo corpo é incapaz de colocar-se em movimento por si
mesmo ou estando em movimento, modificar a velocidade ou a direção deste
movimento sem a intervenção...
tracking img