Matematica no sec. xv

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1116 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho de História da Matemática

A Matemática na Europa,
de 500 a 1600.
Acadêmico (a): Ana Carolina S. Ferreira
Talisson Fernando Leiria
A Baixa Idade Média
* Da metade do século V até o século XI é conhecido como Baixa Idade Média.
* Os romanos nunca tiveram a tendência para a matemática abstrata, somente para os aspectos práticos da matemática.
*Durante meio milênio da Baixa Idade Média, muita pouca matemática se fez, exceto a criação do calendário cristão.
* Algumas pessoas merecem destaque na história da matemática durante esse período, são eles: Boécio, Beda, Alcuíno e Gerbert.
Boécio
* Anício Mânlio Torquato Severino Boécio (475 – 524) teve grande influência na história da matemática devido aos seus livros de Geometria eAritmética.
* A geometria de Boécio se resume nos enunciados das proposições do Livro I e em algumas outras proposições escolhidas dos Livros III e IV dos Elementos de Euclides.
* A aritmética de Boécio se baseava na de Nicômaco (grego). Com esses trabalhos e sua obra filosófica, Boécio tornou-se o fundador da escolástica medieval.
* Foi proclamado mártir da Igreja.
Beda, O Venerável* Beda (673–735), (mais tarde conhecido como o qualificativo de Venerável), foi um dos maiores eruditos da Igreja e em muitas de suas obras inclui assuntos de matemática, merecendo destaque um tratado que fala sobre o calendário e um outro que aborda a contagem com os dedos.
Alcuíno de York
* Alcuíno de York (735-804), escreveu sobre muitos tópicos matemáticos e consta ainda que ele temuma coleção de problemas em forma de quebra cabeças.
Gerbert
* Gerbert de Aurillac (950 – 1003), nasceu em Auvergne, na França. Foi um dos primeiros cristãos a estudar nas escolas muçulmanas e há indícios de que ao retornar para Europa tenha introduzido os numerais indo-arábicos.
* A ele é atribuído a construção de ábacos, globos terrestres e celestes, um relógio e talvez um órgão.
*Em 999, acabou se elegendo papa, com o nome de Silvestre II.
Escreveu sobre astrologia, aritmética e geometria, embora sua obra matemática seja de pouco valor e foi considerado um erudito
O Período de Transmissão
* Na época de Gerbert começou na Europa Ocidental a entrada dos clássicos gregos de ciência e matemática. E neste período, foi passado aos europeus ocidentais todo o conhecimentogrego, que havia sido preservado pelos muçulmanos (árabes e hindus).
* Em 1085, teve a retomada de Toledo dos mouros pelos cristãos, onde pode observar um grande fluxo de intelectuais cristãos que buscavam naquela cidade adquirir o saber muçulmano.
* O século XII ficou conhecido como o século de tradutores.
Um dos primeiros intelectuais cristãos a se envolver nessa atividade foi Adelardo deBath (c. 1120), que esteve na Espanha e viajou pela Grécia, Síria e Egito
* A ele podemos atribuir traduções latinas dos Elementos de Euclides e das tábuas astronômicas de Al-Khowârizmî.
* Outro tradutor foi Platão de Tivoli, que traduziu a astronomia de Al-Battânî, a Esférica de Teodósio e vários outros trabalhos.
* Abraham bar Hiyya (1070-1136), matemático judeu conhecido comSavasorda, escreveu seu livro Geometria Prática, que mais tarde foi traduzido para o latim por Platão de Tivoli.
* Gerardo de Cremona (1114-187), que traduziu mais de 90 trabalhos árabes, sendo eles o Almagesto de Ptolomeu, os Elementos de Euclides e a Álgebra de Al-Khowârizmî.
* Gerardo de Cremona que desenvolveu a palavra “seno”.
* Durante esse último período, aslínguas gregas, árabes e latina eram usuais e enviados diplomáticos viajavam constantemente para Constantinopla e Bagdá.
* A Espanha tornou-se o mais importante centro de ligação entre o islamismo e o mundo cristão.
Rotas de Transmissão do Saber Grego e do Saber Hindu Antigo para a Europa Ocidental
Fibonacci e o Século XIII
Leonardo Fibonacci (1175-1250), foi o matemático mais talentoso...
tracking img