Matematica financeira

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1331 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ANHANGUERA

ATPS
Matemática Financeira

2

ANHANGUERA

Fernanda F. Forgerini
Francinalva Félix
Kelly Cristina Simões
Letycia Covre Lima
Ricardo M. de Oliveira
Rubia Fernandes
Weslania do Carmo I. De Lucena

Ra: 177634
Ra: 176713
Ra :176957
Ra: 177574
Ra: 177150
Ra :176115
Ra :177358

Atividade

apresentada

à

disciplina

Matemática

Financeira, curso Superiorde Administração Faculdade
Anhanguera – São Caetano do Sul.

Professora: Srta Rita de Cássia

3

SUMÁRIO

ETAPA 3 ........................................................................................................ 4
PASSO 1
PLANILHA: Tabela SAC (Sistema de Amortização Constante)
PASSO 2
PLANILHA: Tabela PRICE (Sistema de Amortização Francês)
PASSO 4
ETAPA 4........................................................................................................ 8
PASSO 1
PASSO 2
PASSO 3
PASSO 4
PLANILHA Tabela SAC com a aplicação do IGP- M
PLANILHA Tabela PRICE com a aplicação do IGP- M
CONCLUSÃO............................................................................................... 11
BIBLIOGRAFIA........................................................................................... 12

4

ETAPA 3

Passo 1:

Sistema de Amortização Constante - SAC, utilizando como valor do

financiamento: R$120.000,00, taxa de 1,25%.

Calculo para o valor de cada parcela referente ao Sistema de Amortização
Constante - SAC:
A = valor da parcela de amortização.
SD = 120.000,00
N = 18

A = SD ÷ N

A = 120.000,00 ÷ 18

A

6.666,67

5Passo 3: Sistema de Amortização Francês - PRICE, utilizando como valor do
financiamento: R$120.000,00 a uma taxa de 1,25%.

Calculo para cada parcela referente ao Sistema de Amortização Francês PRICE:

PMT = valor da prestação mensal (?).
PV = R$120.000,00
N = 18
I = 1,25% (i = 0,0125)

6

PMT = PV . ( 1 + i%)n . i%
( 1 + i%)n - 1
PMT = 120.000 . ( 1 + 0,0125)18 . 0,0125
( 1 +0,0125)18 - 1
PMT = 120.000 . ( 1,0125)18 . 0,0125
( 1,0125)18 - 1

PMT = 120.000 . 1,25057739 . 0,0125
1,25057739 - 1

PMT = 120.000 . 0,01563222
1

0,25057739

PMT = 1.875,866092
0,25057739

PMT

7486,17



Passo 4:
Autor: Paulo Eduardo Vilchez Viceconti
Economista formado pela USP
Mestre em Administração de Empresas pela FGV
Auditor Fiscal da Receita Federal aposentadoAutor de vários títulos como: Contabilidade Básica, Contabilidade Avançada, Contabilidade de Custos,
Introdução a Economia, Curso prático de Imposto de Renda Pessoa Jurídica.

Resenha: Site , acesso em 20 de
Novembro de 2011.

7

Viceconti, Paulo Eduardo Vilchez. “Alterações da Lei nº 11.638, de 2007
no artigo nº 183 da Lei 6.404/76”, por Paulo Eduardo Vilchez Viceconti.
Economistaformado pela USP, Mestre em Administração de Empresas pela
FGV e auditor fiscal da Receita Federal aposentado.

Trata-se das alterações realizadas pela Lei nº 11.638, de 28 -12-2007, no
artigo nº 183 da Lei 6.404/76, sobre os critérios de avaliação de ativos e passivos
dentro do Balanço Patrimonial, tal como a aplicação de instrumentos financeiros
que ajustam o valor do ativo circulante,realizável e exigíveis á longo prazo, para
valor presente.

Ele apresenta o conteúdo do artigo, onde as mudanças em

questão, seguem as explicações. A primeira delas é a permissão para avaliação dos
instrumentos financeiros pelo seu valor de mercado que incide sobre o que for
adquirido e sobre aquisições antigas, levando para a conta de Ajustes de Avaliação
Patrimonial criada pela Lei eclassificado no Patrimônio Líquido, o resultado dessa
avaliação, dessa forma os reajustes não transitaram pela conta de resultados.
Visa também sobre o intangível que corresponde ao custo da aquisição
deduzido do saldo da respectiva conta de amortização que continua sendo de dez
anos.
Os seus elementos ativos de longo prazo são levados ao valor presente pela
fórmula 1/ (1 + i)n, supondo um ativo...
tracking img