Matemática aplicada à contabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (633 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A história da matemática é uma área de estudo dedicada, principalmente, à investigação sobre a origem das descobertas da matemática e, em uma menor extensão, à investigação dos métodos matemáticos eaos registros ou notações matemáticas do passado.
Dentro destas descobertas encontram-se inúmeros procedimentos para simplificação do entendimento e desenvolvimento dos cálculos e métodosmatemáticos. Um exemplo significante são os logaritmos, inventados por John Napier.
Os logaritmos surgiram para realizar simplificações, uma vez que transformam multiplicações e divisões nas operações maissimples de soma e subtração. Eles estão presentes em várias aplicações na Matemática e em diversas áreas do conhecimento, como Física, Biologia, Química, Medicina, Geografia entre outras.
Criados por JohnNapier, estudados e modificados por outros importantes matemáticos como Jobst Bürgi, Henry Briggs, entre outros, os logaritmos vieram contribuir para a facilidade e agilidade dos cálculosrelacionados à astronomia, navegação e comércio. Eles criaram tabelas que eram utilizadas no desenvolvimento das expressões logarítmicas. Atualmente as tabelas foram deixadas de lado, em razão do surgimento decalculadoras e computadores, mas os estudos dos logaritmos são caracterizados pela importância em diversas áreas do conhecimento humano.
Deixando a sua forma histórica, o método de Napier baseou-seno fato de que associando aos termos de uma progressão geométrica:

b, b2, b3, b4, b5,…, bn, …
Os termos da progressão aritmética
1, 2, 3, 4, 5,... , n,...
Então ao produto de dois termos daprimeira progressão, bm.bp, está associada a soma m + p dos termos correspondentes na segunda progressão.

Considerando, por exemplo,
PA |1 |2 |3 |4 |5 |6 |7 |8 |9 |10 |11 |12 |13 |14 | |PG |2 |4 |8 |16|32 |64 |128 |256 |512 |1024 |2048 |4096 |8192 |16394 | |
Para efetuar, por exemplo, 256 x 32, basta observar que:

º 256 na segunda linha corresponde a 8 na primeira;
º 32 na segunda linha...