Mata ciliar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1920 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

Em função da crescente consciência sobre a importância da preservação ambiental, e do avanço das leis que disciplinam a ação humana nas florestas de proteção, um alto interesse vem sendo despertado para os programas de revegetação em áreas degradadas, exigindo que os conhecimentos técnico-científicos sejam rapidamente repassados aos potenciais usuários desses programas.

Assim, opresente trabalho foi elaborado com vistas a dar subsídios para os programas de reflorestamento misto com espécies nativas, visando à recuperação da estrutura e da função das chamadas matas de proteção ambiental, principalmente as matas ciliares. Em razão da diversidade e complexidade das matas tropicais, é fundamental o uso de conceitos e modelos específicos, os quais são apresentados ediscutidos com a finalidade de apoiar iniciativas e ações de revegetação de áreas degradadas.

As florestais naturais primárias são aquelas que pouco sofreram com a ação do homem, conservando suas características de alta diversidade e auto-regeneração. Aquelas que sofreram a intervenção humana, - as chamadas florestas perturbadas, por sua vez, ainda têm condições de retornar à uma condição próxima daoriginal, anterior ao processo de perturbação. Finalmente, as florestas degradadas, são as que perderam sua capacidade de se auto recuperar, necessitando do trabalho de revegetação e/ou enriquecimento.

As chamadas florestas de proteção ambiental, diferente das de produção, são aquelas que fornecem bens indiretos ao homem: por meio das florestas de proteção ambiental, é possível proteger asnascentes e os cursos d'água, minimizar a erosão, preservar a fauna etc. O Código Florestal considera como de preservação permanente as matas ciliares, nome que se dá à vegetação ao redor de nascentes, assim como de picos de morros e encostas íngremes.

As matas ciliares degradadas, que margeiam os cursos d'água, são áreas que demandam prioridade para as ações de revegetação e/ou enriquecimento. Essasmatas têm um papel estratégico na conservação da biodiversidade, na preservação da qualidade da água e para a formação de corredores entre as poucas reservas de matas primárias ainda existentes em nosso Estado.

O processo de regeneração na floresta natural através das clareiras (sucessão secundária) tem sido usado como fundamento para o plantio misto de espécies nativas, visando à revegetaçãode matas ciliares e outras florestas de proteção.
Nesse sentido, o uso de espécies pioneiras, assim como a separação do grande número de espécies de espécies da floresta tropical em grupos ecológicos, tem sido fundamental para esse processo.

As espécies e os grupos ecológicos

A separação das espécies arbóreas em grupos ecológicos é uma maneira de possibilitar o manuseio do grande número deespécies da floresta tropical, mediante seu agrupamento por funções semelhantes e de acordo com as exigências. Diferentes critérios para a classificação das espécies têm sido utilizados, com base principalmente na resposta à luz das clareiras ou ao sombreamento do dossel.

As diferentes classificações compreendem três grupos.

O primeiro grande grupo, que é o das pioneiras, têm rápidocrescimento, germinam e se desenvolvem a pleno sol, produzem precocemente muitas sementes pequenas, normalmente com dormência, as quais são predominantemente dispersadas por animais. São também denominadas de especialistas de grandes clareiras (> 200m2). Na floresta tropical, ocorrem em pequeno número de espécies, com um grande número de indivíduos.

As principais espécies arbóreas pioneiras queocorrem no Estado de São Paulo e que têm sido utilizadas em plantios de florestas de proteção são: Trema micrantha, Cecropia sp, Croton floribundus, Croton urucurana, Mimosa scabrella, Miconia cinamomipholia, Solanum sp, Mimosa bimucronata, Citarexylun myrianthum, Inga sp, Piptadenia sp, Gudnzuma ulmifolia, dentre
outras.

O segundo grande grupo, que é o das climácicas, têm crescimento lento,...
tracking img