Marx e a sociologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1740 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de maio de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
Marx e a sociologia


O presente trabalho refere-se ao fenômeno educacional do ponto de vista do sociólogo alemão Karl Marx. Este coloca três concepções de educação identificadas na prática de alunos e professores e tenta desmascarar o caráter conservador das práticas autoritária e liberal, indicando uma perspectiva de superação. Por estar sob controle do estado e das classes capitalista, osistema escolar por si só não tem força suficiente para provocar transformações no sistema social de poder, nem mesmo para alterar radicalmente sua estrutura interna. Mudanças no sistema escolar só podem se realizar de modo articulado com as transformações na estrutura econômica – política. Estas mudanças ocorrem à medida que as classes populares conseguem construir seu poder no sentido de iremvencendo o poder da classe capitalista. Para Marx, a educação é condicionada pelos valores e interesses das classes dominantes e contribui desta forma para preservação de seu poder. A Educação por si não pode ser considerada como alavanca de transformação radical da estrutura de poder, porque o poder que controla a educação não permitirá que ela se volte contra ele.

SUPERANDO A AUTORITARISMO E OLIBERALISMO:
A educação aponta para dois tipos de modelos diferentes; o autoritário e o liberal. No entanto aqueles que são da classe dominante têm um ensinamento privilegiado, diversificada da classe de baixo nível. Enquanto alguns indivíduos aprendem que nunca deve questionar, apenas obedecer e cumprir as ordens impostas pela sociedade, outros tomam conhecimentos de formar a própria opinião e tomardecisões por si mesmos. Dessa maneira contribui para a existência da classe dominada. Assim a burguesia desfruta da boa vida valendo-se do abuso de poder sobre outras pessoas e tirando proveito do lucro do trabalho explorado. Alguns indivíduos conseguem se aproveitar das oportunidades que a sociedade oferece. Na verdade faz se entender com que não devamos nos igualar ao mesmo nível deles, pois umnasceu para viver na mordomia tirando aproveito do trabalho de outras pessoas, mesmo que se sinta contrafeito com o serviço, mas é forçado a executá-lo. Então não consegue enxergar a ilusão que a sociedade faz com que acreditamos de nos conformar com a situação de vida oferecida pela sociedade. De acordo com Fleuri (1999). De fato, em nosso contexto social, só podem fazer o que querem aquelespoucos privilegiados cujas condições sociais lhes permitem viver no ócio e no luxo sem a preocupação de lutar pela sobrevivência. Mas ninguém consegue viver no ócio, se não há quem trabalhe por e para ele. Dai que tal projeto de vida é próprio da classe ociosa que na sociedade capitalista, é constituída pela burguesia cuja riqueza e luxo é fruto inequívoco da exploração do trabalho de uma grande massade gente. Assim, a vida luxuosa dos proprietários dos meios de produção em nossa sociedade se faz a custa da exploração que reduz os trabalhadores á miséria. Analogicamente, o modelo liberal de educação só se torna possível para uma minoria, quando para a maioria se aplica o modelo autoritário de educação enquanto os liberais contribuem para a manutenção da estrutura social de classes. O sistemaeducacional, com efeito, em nossa sociedade está montada para formar alguns para mandar e outros para obedecer, e com isso, se submeter aos processos de exploração impostos pela classe dominante. Em suma, o objetivo último deste, dois modelos educacionais é de fato a manutenção desta atual e injusta estrutura da sociedade segundo os interesses da classe dominadora e exploradora. A análise dofragmento acima mencionado leva-nos a considerar que o sistema educacional brasileiro está montado para alienar as crianças, os jovens e os adolescentes, numa visão marxista de sociedade, o modelo liberal de educação escolhido pelo Brasil neste contexto capitalista globalizante em que o estado tenta se esquivar da prestação de serviços públicos. Sob o véu do neoliberalismo a educação é vendida a...
tracking img