Marx e taylor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (979 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Para Marx a tecnologia eliminava a força de trabalho e aumentava o número de desempregados, e somente com a ruptura do capitalismo se conseguiria chegar a uma sociedade sem classes de exploração dohomem pelo homem. Qual a relação, para Marx, entre a taxa de desemprego e a teoria da mais-valia ?

Escolhi essa pergunta pois gostaria de entender qual a relação da mais-valia com o índice dedesemprego, porque sempre tende a ver a procura por empregos e porque o capitalismo é tão hierarquizado, em contraponto com a teoria da mais- valia. Se não existisse o desemprego, pela teoria damais-valia, os empresários lucrariam mais, mas por outro lado se não houvesse desemprego as pessoas cobrariam o preço que achassem justos para vender sua força de trabalho, obrigando aos empresários pagarem opreço pedido para não ficarem sem mão-de-obra, o desemprego existe para equilibrar a oferta e a procura de empregos, fazendo os empregados, e não os empregadores se submeterem ao preço o qual estãodispostos e acham justos pagar.

I- Introdução:

Por desemprego se entende a condição ou situação das pessoas incluídas na faixa das "idades ativas" .Uma das formas de explicar o desemprego é pelopensamento marxisita que revela a existência de uma "reserva" de força de trabalho, que sem emprego, caracterizam uma forma inerente a sociedade capitalista, criada e reproduzida diretamente pelaprópria acumulação de capital. Porém, dependendo das proporções, o desemprego é sem dúvida o espelho que melhor reflete as dificuldades econômicas e sociais de um país, suas relações com a insatisfação dapopulação, e o aumento da criminalidade nas grandes cidades. Esta é sem dúvida uma contradição terrível para um sistema econômico porque o desemprego se torna um mal necessário para o capitalismo,segundo o pensamento de Marx. Marx também formulou uma lei da população para explicar o desemprego. Chamou-a de "lei capitalista do desemprego", e a considerou uma conseqüência da propriedade privada...
tracking img