Marx, karl. o capital, cáp. xxiv “a assim chamada acumulação primitiva.”

Páginas: 8 (1806 palavras) Publicado: 23 de setembro de 2011
História moderna

Fichamento
* Marx, Karl. O capital, Cáp. XXIV “A assim chamada acumulação primitiva.”
1. O segredo da acumulação primitiva
* ‘O dinheiro é transformado em capital (...). A acumulação do capital, pressupõem a mais valia, a mais valia a produção capitalista. (...) Todo esse movimento parece, portanto, girar num circulo vicioso, do qual só podemos sair supondo umaacumulação “primitiva” ’
* ‘Essa acumulação primitiva desempenha na Economia política um papel análogo ao pecado original na teologia. Adão mordeu a maçã e, com isso, o pecado sobreveio a humanidade. (...) Em tempos muito remotos, havia, por um lado, uma elite laboriosa, inteligente e sobretudo parcimoniosa, e , por outro, vagabundos dissipando tudo o que tinham e mais ainda. (...) Assim seexplica que os primeiros acumularam riquezas e os últimos, finalmente, nada tinham para vender senão sua própria pele. E desse pecado original data a pobreza da grande massa (...) e a riqueza dos poucos, que cresce continuamente, embora há muito tenham parado de trabalhar.’
*A acumulação não foi sempre capitalista, mas foi a base para o seu surgimento.
*Autor relaciona a violência o roubo, aessa espécie de ‘origem’.
* ‘ A relação-capital pressupõe a separação entre trabalhadores e a propriedade das condições da realização do trabalho. (...) A assim chamada acumulação primitiva é, portanto, nada mais que o processo histórico de separação entre produtor e meio de produção. ’
*O servo passa a ser livre, porém não tem mais acesso a terra.
*Para que exista capital o produtor têm queser separado do meio de produção, os trabalhadores lhe venderão sua força de trabalho para produzir.
*A decomposição da sociedade econômica feudal, forneceu os elementos para o surgimento da economia capitalista.
* ‘Assim, o movimento histórico, que transforma os produtores em trabalhadores assalariados, aparece por um lado, como sua libertação da servidão... ’
‘O ponto de partida quedesenvolveu tanto o assalariado quanto o capitalista foi a servidão do trabalhador. ’’
*Há nesse “movimento” uma mudança que transforma os servos, “homens livres” deixam a servidão à terra, e passam para a servidão do trabalho, numa recém surgida economia capitalista.

2. Expropriação do povo d campo de sua base fundiária
* ‘A grande maioria da população consistia naquela época, (...) decamponeses livres, economicamente autônomos. ’ ‘(...) recebiam além de seu salário, um terreno arável de 4 ou mais acres além do cottage.’ ‘(...) gozavam o usufruto das terras comunais,em que pastavam seu gado e que lhes forneciam ao mesmo tempo combustíveis, como lenha, turfa etc.’
*A maioria dos trabalhadores assalariados da agricultura eram camponeses que trabalhavam as terras dos grandesproprietários, em seu tempo livre.
* ‘O grande senhor feudal quem criou um proletariado incomparavelmente maior mediante a expulsão violenta do campesinato da base fundiária (...) e usurpação de sua terra comunal’ ‘As habitações dos camponeses e os cottages dos trabalhadores foram (...) demolidos ou entregues a ruína. ’
*Os camponeses são expulso de suas propriedade (Glebas),pelos grandes proprietáriosonde possuíam um mínimo de “conforto”, essa desapropriação vai gerar um numero muito maior de assalariados, é essa expulsão que forma a base pra todo o processo de transformações econômicas da época, segundo Karl Marx. As terras se transformam de lavouras em campos de pastagem. Conseqüências como decadência de cidades e igrejas, a diminuição de dizimo levaram o rei Henrique VII a decretar em 1489 aproibição de destruição de casas camponesas ‘às quais pertenciam pelo menos 20 acres de terra’.
* ‘Mas o que o sistema capitalista requeria era, (...), uma posição servil da massa do povo, sua transformação em trabalhadores de aluguel e a de seus meios de trabalho em capital. ’
* ‘Não é nada incomum ver 4 ou 5 ricos criadores de gado usurparem senhorios recentemente cercados, que...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Fichamento de citação de "A Assim Chamada Acumulação Primitiva", O Capital
  • Resenha a chamada acumulação primitiva do capital |karl marx|
  • A Chamada Acumulação Primitiva
  • Marx, Karl. O capital: crítica da economia política. São Paulo: Abril Cultural, 1996. Livro primeiro, Tomo 2, Cap....
  • a assim chamada acumulação primitiva
  • a assim chamada acumulação primitiva
  • A assim chamada acumulação primitiva
  • A assim chamada acumulação primitiva

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!