Marketing e os erros profissionais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3820 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O Marketing e os Erros Profissionais.
Erros profissionais não estão nos planos de ninguém. Ninguém espera errar um pênalti, muito menos se esse pênalti for decisivo. Mas acontece, e nessas horas alguns conceitos de marketing são alternativas eficazes.
Uma empresa que convive diariamente com riscos, precisa estar preparada para administrar os problemas causados por estes. Precisa estar“esperando” que problemas podem ocorrer e saber quais as providências a serem tomadas. Todas as grandes empresas têm um “manual de conduta de crises”. Isso é ter competência, preparo e planejamento.
- No dia 31/10/96, às 8h da manhã, um avião da TAM caiu, 25 segundos depois de decolar do aeroporto de Congonhas, em SP. O acidente, no qual morreram 98 pessoas, tinha todos os ingredientes para quebrar aempresa. Além da gravidade em si, do número de vítimas e dos danos materiais causados, era um desastre que caía como uma luva para os interesses da concorrência e de outras empresas interessadas em se aproveitar comercialmente da situação. Seria, enfim, um desastre completo. Seria! Seria um desastre completo se o Comandante Rolim (presidente da companhia à época. Falecido em 2001) e sua equipe nãoestivessem preparados para enfrentar aquela situação. Eles agiram de forma rápida, tomando providências simples, posicionando claramente a empresa e solucionando os problemas possíveis. Sabiam, por exemplo, que os parentes das vítimas seriam apresentados na televisão, chorando, mostrando as fotografias dos parentes mortos e culpando alguém pelo “crime”. Por isso, prontamente eles “recolheram” omáximo de parentes que puderam em um hotel de luxo, com médicos, enfermeiros e psicólogos. Com isso eles mataram dois coelhos com uma só cajadada: providenciaram o atendimento às vítimas (os parentes também são vítimas) e evitaram todo o terrorismo que teria sido feito na imprensa se os parentes ficassem “soltos”.
Em momento algum deixaram de informar à imprensa sobre o que estava acontecendo.Todas as ações foram rápidas e coordenadas. Parece até que eles estavam treinados para enfrentar uma catástrofe daquela envergadura.
Parece? É claro que estavam treinados! Uma empresa cuja atividade convive diariamente com o risco de acidentes graves precisa estar preparada para administrar os problemas causados por acidentes graves. Muita gente elogiou o comportamento da TAM naqueleepisódio. Conseguiram reduzir ao mínimo as consequências inevitáveis do acidente.-

O prestador de serviços deve ter consciência de que alguma coisa pode um dia sair errado, e precisa pensar nisso bem antes que aconteça, e assim desenvolver o melhor planejamento possível.
Durante a carreira profissional de um engenheiro ou arquiteto, por exemplo, problemas podem ocorrer. Erros podem ser cometidos.Alguns menores, com pequenas consequências e outros maiores que podem destruir uma carreira.

- Qual é o arquiteto que deseja descobrir, com a obra em andamento e a concretagem programada para o dia seguinte, que uma determinada escada, por erro do projeto, não permite a passagem, em pé, de uma pessoa com mais de 1,70m? Qual é o engenheiro civil que gostaria de ver uma obra, construída por ele,cair três meses depois de concluída?
Qual engenheiro eletricista quer ver uma indústria com todas as suas máquinas paradas por uma semana, porque houve um erro no cálculo do dispositivo de proteção e os transformadores queimaram?

Esses problemas precisam ser previstos, para que na hora que ocorrerem se ter precisão do que fazer ou saber que postura assumir. Para isso é preciso ter claroalgumas considerações sobre marketing.
Não se trata de “sofrer por antecipação”. Trata-se de estar preparado para administrar as consequências de um erro profissional, e fazer as coisas certas desde o início, evitando assim que um eventual erro se transforme num desastre:
1 – Não saia dizendo que você não tem culpa de nada, que fez tudo certo, mas também não saia assumindo a culpa pelo problema,...
tracking img