Marketing religioso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5765 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FÉ NA PRATELEIRA DE VENDAS: A Sedução do Marketing Religioso Karla Regina Macena Pereira Patriota1
kpatriota@hotmail.com.br Doutoranda em Sociologia e Mestre em Comunicação - UFPE UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA - PE

Resumo: Eficazes estratégias de marketing tem sido utilizadas por todos os segmentos empresariais. Nesse trabalho, temos por objetivo mostrar como o marketing também estáatualmente presente nas diversas instituições religiosas modernas, que despertaram para a importância de atender desejos e necessidades dos consumidores potenciais da religião cristã. Para isso, tais instituições investem na mídia e utilizam os mass media com uma contundente ênfase mercadológica para obtenção do crescimento numérico dos seus fiéis, atendendo, de forma eficiente, uma considerável demandado mercado religioso.

Palavras-chave: marketing religioso, mercado religioso.

“Suspiro da criatura oprimida, coração de um mundo sem coração, espírito de uma situação sem espírito: a religião é o ópio do povo.” (K. Marx) Sem dúvida alguma, a religião é também um produto2 . Desse produto, todo homem é um consumidor em potencial. Produtos existem para suprir necessidades, sejam elas de ordemmaterial ou existencial, como é o caso da religiosidade. A adesão a qualquer religião está atrelada a uma necessidade latente do homem, presente desde os primórdios da humanidade. O homem naturalmente anseia por uma forma de melhoria individual, ou no mínimo, descontente com a sua atual maneira de viver, busca alguma solução para o seu estado.

1

Doutoranda em sociologia, mestre emComunicação pela UFPE, professora da Universidade Salgado de Oliveira das disciplinas Redação Publicitária I e Mídia I e II, Agência Laboratório e Projetos Experimentais e da Faculdade Pernambucana das disciplinas Mídia I e II e Marketing I e II. 2 “Produto é qualquer coisa que possa ser oferecida a um mercado para atenção, aquisição, uso ou consumo, e que possa satisfazer a um desejo ou necessidade. Osprodutos vão além de bens tangíveis. De forma mais ampla os produtos incluem objetos físicos, serviços, pessoas, locais, organizações, idéias ou combinações desses elementos”. (Kotler, 1995:190)

Os tempos modernos, mesmo com todo o aparato tecnológico, mostraram-se incapazes em responder satisfatoriamente ao homem, por meio do racionalismo e da lógica científica, como se livrar da dor e dosofrimento sem o consolo resignado, dado outrora pela religião. Com o advento da competição religiosa e do pluralismo religioso, a religião apresentada desta forma seria um verdadeiro “fiasco de vendas”. Afinal, “nós mudamos de um cristianismo como cultura para um cristianismo como escolha” (Brierely, 1991). O consumidor moderno, além de querer ser especial, quer também as suas necessidades satisfeitas.Tais características contemporâneas de consumo levam a religião para uma contínua evolução no processo de secularização, como escreve Hervieu-Léger (apud, Oro, 1996:62): “... a secularização não consiste no desaparecimento da religião confrontada à modernidade: é o processo de reorganização constante do trabalho da religião numa sociedade estruturalmente impotente de preencher as expectativas quesuscitar para existir como tal”. O entendimento da obrigatoriedade da reorganização (aproximando-se da

secularização) religiosa leva as inúmeras denominações, prometerem, de forma bastante convincente, a satisfação dessas demandas. Isso favorece para que a decisão dos candidatos à conversão3 , na maioria das vezes, parta da percepção de que a situação mesmo parecendo muito ruim, às vezes atéinsuportável, não deve ser eternizada na resignação religiosa, pois o “mercado4 ” da religião está a oferecer inúmeras possibilidades de mudanças5 : “A situação pluralista é, acima de tudo, uma situação de mercado. Nela, as instituições religiosas tornam-se agências de mercado e as tradições religiosas tornam-se bens de consumo. E, de qualquer forma, grande parte da atividade religiosa nessa...
tracking img