Maria montessori e skinner

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2743 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE EXPOENTE

MARIA MONTESSORI E BURRHUS FREDERIC SKINNER

Trabalho apresentado à disciplina de Organização Didático- Pedagógica I do Curso de Pedagogia, da Faculdade Expoente.

CURITIBA
2011

INTRODUÇÃO

Este trabalho tem como objetivo apresentaros paradigmas pedagógicos e intelectuais dos autores Maria Montessori e Burrhus Frederic Skinner; buscar compreender o desenvolvimento histórico da didática e analisar os paradigmas pedagógicos destes dois intelectuais na prática escolar.
Dividido em dois capítulos, primeiramente apresenta a médica e autora Maria Montessori, criadora do método Montessoriano, cujos princípios fundamentaissão: A individualidade e a liberdade. O objetivo da escola para ela é a formação integral do sujeito para a vida, sendo que em sua filosofia a médica italiana estimula o desenvolvimento do potencial criativo da criança desde a primeira infância, em conjunto com a vontade de aprender que pode ser observada segundo ela em todos os seres humanos.
Já o segundo capítulo, trata do psicólogo e autorBurrhus Frederic Skinner, cuja teoria baseia-se na idéia de que o comportamento resulta de uma resposta individual a estímulos que ocorrem no meio e fundamenta seu trabalho nos comportamentos observáveis das pessoas e dos animais. Skinner tem com antecedentes no Behaviorismo : Watson, que foi o primeiro psicólogo behaviorista reconhecido, e Pavlov, que realizou o primeiro trabalho modernoimportante sobre comportamento condicionado, 1927. Trataremos aqui, de fatos pessoais da vida de Skinner, introduzindo sua produção dentro da corrente behaviorista, bem como citações e breves explicações das suas principais obras, que são importantes para compreender sua visão do comportamento humano.
Após apresentação e análise dos dados pressupostos serão colocadas as considerações finaisrelevantes as questões tratadas no trabalho.

CAPÍTULO I: MARIA MONTSSORI

1.1 VIDA E OBRA
Maria Montessori nasceu em 31 e agosto de 1870, na pequena cidade de Chiaravalle, no leste da Itália, e morreu em 06 de maio de 1952, em Moordwijk aan Zee na Holanda.
Filha única de Alessandro Montessori e Renilde Stoppani e neta de um famoso geólogo e naturalista, Antonio Stoppani.
Quandotinha 12 anos sua família mudou-se para Roma, a fim de oferecer-lhe oportunidades de uma educação mais completa.
Montessori a principio estudou em escola pública e, nesse período não teve destaque como aluna. Através das relações estabelecidas na capital Italiana, onde surgiram novas idéias lamentadas pelo movimento de Reunificação da Itália e pelo desenvolvimento de novas instituiçõesdemocráticas nesse país, Montessori foi dando mostras de sua personalidade revolucionária.
Foi a primeira mulher a ser formar em medicina na Itália e foi mãe solteira.
Maria Montessori construiu sua historia pessoal, intelectual e cientifica dedicando-se, por mais de 50 anos, do estudo e a pesquisa do mais fundamental e difícil problema do homem a sua formação. Ela acreditava que somenteatravés do entendimento da formação do homem, seria possível intervir em questões decisivas, sua conservação e seu desenvolvimento.
Montessori viveu de forma intensa a historia de seu tempo, dedicou-se de forma integral a novos experimentos, descobertas e alternativas; contestou os dogmas, as tradições e buscou responder as novas necessidades de uma educação, que pudesse formar homens maishumanos. Rodrigues, Amir Sandro at al, 2003; pg.35.

2. OBRAS PRINCIPAIS

• Pedagogia Cientifica.
• A Criança Etapas da Educação.

3. A METODOLOGIA MONTESSORIANA

Maria Montessori considerava as crianças um grupo social de grandes dimensões. Para a autora a criança é a verdadeira potência do mundo e somente através dela é possível alimentar a esperança de construção de um...
tracking img